Início Ambiente Mulher de 75 anos detida por alegada prática de incêndio florestal em...

Mulher de 75 anos detida por alegada prática de incêndio florestal em Cantanhede

Uma mulher de 75 anos foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) por alegada prática de um crime de incêndio florestal no concelho de Cantanhede, ocorrido na sexta-feira, anunciou aquela força de segurança.

De acordo com um comunicado da PJ, a suspeita, reformada, “com recurso a um isqueiro de acender o fogão, e um pedaço de acendalha branca, ateou um incêndio em zona florestal povoada com pinheiro bravo e mato” numa freguesia daquele concelho, acabando por ser detida no próprio dia.

“A actuação da suspeita colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, habitações e a mancha florestal, que teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros e meios aéreos”, acrescenta a PJ.

A detida foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A detenção foi feita pela PJ, através da Directoria do Centro, com a colaboração da Guarda Nacional Republicana de Cantanhede, e do Grupo de Trabalho para a Redução de Ignições em Espaço Rural do Centro.

Pub

Leia também

Mau Tempo: Mais de 150 ocorrências entre as 08:00 e as 17:00

A Proteção Civil registou 150 ocorrências devido ao mau tempo, com Leiria, Coimbra, Porto e Lisboa a serem os distritos mais afetados,...

Figueira ganha prémio nacional da Mobilidade em Bicicleta

O Município da Figueira da Foz foi galardoado com o prémio nacional da mobilidade em bicicleta 2020, na categoria de Autarquias e...

Pais contra as mudanças de sala dos alunos

Os pais e encarregados de educação da turma 1, do 6.º ano de escolaridade da Escola Dr. João de Barros da Figueira...

Mais de 300 médicos de família ainda não foram colocados

Mais de um mês após o lançamento do concurso para colocação dos 365 médicos de família, os especialistas continuam sem trabalhar numa...

Protecção Civil emite recomendações para próximos dias de mau tempo

A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) emitiu hoje recomendações para as próximas 48 horas devido às previsões de chuva...