Início Ambiente Vinte e nove concelhos de sete distritos em risco máximo

Vinte e nove concelhos de sete distritos em risco máximo

Vinte e nove concelhos dos distritos de Castelo Branco, Portalegre, Santarém, Viseu, Bragança, Guarda e Faro apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo de incêndio estão os concelhos de Vila de Rei (onde existe um incêndio ativo a ser combatido por mais de mil operacionais), Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Oleiros, Covilhã e Penamacor (Castelo Branco), Penedono (onde também está ativo um incêndio), Vila Nova de Paiva e Tarouca (Viseu).

Também em risco máximo estão os concelhos de Marvão, Nisa e Gavião (Portalegre), Abrantes, Mação, Sardoal (Santarém), Loulé, São Brás de Alportel e Alcoutim (Faro), Sabugal, Guarda, Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo e Vila Nova de Foz Coa (Guarda), Freixo de Espada à Cinta, Torre de Moncorvo, Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros e Vimioso (Bragança).

O IPMA colocou também vários concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Coimbra, Viseu, Bragança, Guarda, Viseu, Braga e Vila Real em risco muito elevado de incêndio.

De acordo com o instituto, o risco de incêndio vai continuar máximo, muito elevado e elevado pelo menos até ao fim de semana em vários distritos de Portugal continental.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, sendo o elevado o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no norte e centro do continente períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral muito nublado no litoral até final da manhã, nebulosidade que poderá persistir ao longo do dia em alguns locais da faixa costeira.

Durante a tarde, está prevista a ocorrência de aguaceiros nas regiões do interior, que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada.

A previsão aponta também para vento fraco, tornando-se fraco a moderado do quadrante oeste a partir da tarde e soprando moderado a forte de noroeste nas terras altas durante a tarde.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal no litoral e descida da temperatura máxima.

Na região sul prevê-se céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste até final da manhã e vento em geral fraco do quadrante oeste, soprando temporariamente moderado de noroeste no litoral oeste e nas terras altas durante a tarde.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal no litoral oeste e pequena descida da temperatura máxima.

As temperaturas no continente vão oscilar entre os 15 graus celsius (no Porto, em Braga e Viana do Castelo) e os 23 (em Faro) e as máximas entre os 22 (em Aveiro e Porto) e os 37 8em Castelo Branco e Évora).

Leia também

Doze pessoas detidas por tráfico de drogas em festival de Oliveira do Hospital

Doze pessoas foram detidas por alegados crimes de tráfico de drogas durante um festival de música no concelho de Oliveira de Hospital,...

Coimbra recebe equipamentos para imagem molecular cerebral no valor 5ME

O Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS) da Universidade de Coimbra vai receber dois equipamentos de imagem molecular do cérebro,...

Portugal goleia Senegal na estreia no Mundialito de futebol de praia

A selecção portuguesa de futebol de praia entrou hoje da melhor forma na 23.ª edição do Mundialito, ao golear por 7-1 o...

ISEC trará cursos de ensino superior à Figueira da Foz em 2020

Mário Velindro, Presidente do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, em entrevista exclusiva ao Jornal O Figueirense, afirmou que irão no ano...

Figueira da Foz reforça segurança em lançamentos pirotécnicos para evitar fogos

O município da Figueira da Foz vai reforçar a segurança na utilização de pirotecnia durante o período crítico de incêndios para minimizar...