Início Economia Covid-19: Associação Académica de Coimbra pede suspensão do pagamento de propinas

Covid-19: Associação Académica de Coimbra pede suspensão do pagamento de propinas

A Associação Académica de Coimbra (AAC) pediu ao Governo uma “suspensão imediata das propinas” no ensino superior e um reforço extraordinário das bolsas, face à pandemia da covid-19.

“A Associação Académica de Coimbra, tendo em conta o carácter excepcional que o nosso país atravessa, com graves repercussões económicas para as famílias portuguesas, endereçou um pedido ao ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para a suspensão imediata das propinas no Ensino Superior português enquanto se mantiver este estado de excepção”, anunciou a instituição, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Para o presidente da AAC, Daniel Azenha, citado na nota, “é de elevada justeza social a suspensão imediata desta taxa paga pelas famílias portuguesas, salvaguardando a manutenção do poder de compra das mesmas para ultrapassar este clima excepcional e de incerteza”.

“Esta tributação deve ser revista tendo em conta a limitação da actividade das instituições de ensino superior, bem como o carácter económico e social excepcional que o nosso país atravessa hoje”, acrescentou Daniel Azenha.

Além do pedido de suspensão imediata do pagamento de propinas, a AAC exige também “um reforço monetário extraordinário aos estudantes bolseiros”.

Esse reforço “é essencial para que possamos salvaguardar uma tendencial igualdade de acesso aos métodos de ensino e avaliação implementados actualmente bem como assegurar que os nossos colegas mais carenciados mantenham a estabilidade financeira que teriam em condições normais”, afirmou o presidente da AAC, Daniel Azenha.

Pub

Leia também

“Trair e coçar é só começar” – comédia com José Raposo passa pelo CAE

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) vai apresentar a peça de comédia "Trair e coçar é só começar", protagonizada por José Raposo, dos...

Mais dias de competição esperam um pelotão que terá uma Volta a Portugal tardia

O pelotão português inicia no domingo, na Prova de Abertura, um calendário com mais de 70 dias de competição, um número que supera amplamente...

Polícia Marítima da Figueira autua empresa a operar sem licenciamento

Na passada segunda-feira, elementos do Comando-local da Polícia Marítima da Figueira da Foz detectaram e autuaram uma empresa que se encontrava a efectuar trabalhos...

Exposição fotográfica presta homenagem a António Ramos Silva

No próximo sábado, dia 4 de Fevereiro, a associação Magenta e a sociedade filarmónica Dez de Agosto vão realizar uma homenagem a António Ramos...

Câmara quer avançar com variante a Quiaios neste mandato

O presidente da Câmara da Figueira da Foz pretende avançar ainda neste mandato com a construção da variante a Quiaios, numa extensão de cerca...