Início Educação Região vai receber 2,5 milhões de euros até 2023 para a educação

Região vai receber 2,5 milhões de euros até 2023 para a educação

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai receber 2,5 milhões de euros até 2023 para a educação e combate ao insucesso escolar, no âmbito de uma candidatura cofinanciada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu.

“A educação é uma das prioridades da CIM Região de Coimbra, com o objectivo de reduzir e prevenir o abandono escolar precoce e estabelecer condições de igualdade no acesso à educação infantil, primária e secundária, incluindo percursos de aprendizagem, formais, não formais e informais, para a reintegração no ensino e formação”, refere um comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a nota, a Região de Coimbra tem, actualmente, uma taxa de abandono escolar precoce inferior à média nacional, verificando-se que, no conjunto dos alunos que frequentam a rede escolar da CIM, “evidencia melhorias ao longo dos anos e em todos os níveis de escolaridade, sendo que a taxa de retenção e desistência dos alunos têm vindo a descer cada vez mais”.

De acordo com a CIM, alguns dos motivos que levaram a essa diminuição “prendem-se com as acções realizadas no âmbito do projeto Realiza.te, que, numa estratégia holística, à escala local e regional, procurou envolver alunos, professores, encarregados de educação e pessoal não docente, alcançando mais de 40 mil alunos, reforçando as equipas de intervenção multinível no território com mais de 70 profissionais especializados”.

No âmbito deste projecto, será efectuada até meados de 2023 uma aposta da rede intermunicipal da educação com intervenção nas seguintes áreas: manutenção das equipas multidisciplinares de apoio às escolas, promoção da educação parental, e programa Imagine.Create.Succeed – o futuro é teu, “com enfoque nos objectivos de desenvolvimento sustentável e no apoio aos alunos na construção do projecto de vida”, com acções nas escola e na comunidade.

A CIM da Região de Coimbra vai continuar a apostar na promoção das literacias, “num trabalho colaborativo com as redes e agentes já existentes no território, como é o caso da Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Coimbra e a Rede de Bibliotecas Escolares”.

“Pretende-se ainda continuar com acções que visam a promoção do conhecimento científico nas escolas, bem como uma intervenção inovadora e integrada, tendo por base o conceito de Mindfulness, que desenvolve competências de auto-regulação da atenção e das emoções, procurando, desta forma, apoiar a comunidade educativa na mitigação de algumas das consequências da pandemia”, refere o comunicado.

Para maior aproximação à comunidade educativa, a CIM da Região de Coimbra pretende realizar o I Bootcamp da Rede Intermunicipal de Educação para 2022, na Pampilhosa da Serra, procurando envolver os executivos municipais e as direcções dos agrupamentos de escolas, “no sentido de aumentar a rede e as pontes de trabalhos entre os diversos agentes educativos”.

Pub

Leia também

Aviso laranja devido à agitação marítima e amarelo devido à chuva

O concelho da Figueira da Foz encontra-se sob aviso amarelo devido à previsão de chuva e agitação marítima durante o dia de hoje, sendo...

Ginásio na maior competição mundial de stand up paddle

Através da atleta Maria Edite Fernandes, o Ginásio marcou presença na 11ª edição da maior competição mundial de Stand Up Paddle, prova de 11...

Pista de gelo natural no Parque de Natal

No parque de estacionamento da Avenida de Espanha encontra-se a funcionar, até 9 de Janeiro de 2022, o Parque de Natal, com diversos carrosséis...

Posto de testagem a funcionar até final de Dezembro

A Figueira da Foz tem em funcionamento um posto de testagem gratuito, de quinta-feira a sábado, das 18 às 22 horas, que se encontra...

DGS recomenda uso de máscaras em bares e discotecas sempre que possível

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) indicou hoje que recomenda a utilização de máscara em bares e discotecas sempre que possível, ainda que o seu...