Início Local Hospital da Figueira implementa medidas preventivas

Hospital da Figueira implementa medidas preventivas

O Hospital Distrital da Figueira da Foz tem seguido as orientações da Direcção-Geral da Saúde (DGS) e implementou algumas medidas preventivas, segundo apurou O Figueirense.

Divulgação geral das medidas de contenção através da afixação de cartazes informativos nas entradas do hospital, nas salas de espera de atendimento de doentes e no Serviço de Urgência (SU); divulgação de vídeo no LCD da Consulta Externa e Sala de Espera e recomendações colocadas no site e APP do Hospital.

No Serviço de Urgência, junto dos profissionais que procedem à triagem dos doentes, reforçou “a importância de garantir que estejam disponíveis os kits de material a fornecer ao doente com suspeita de infecção (que inclui um pacote de lenços descartáveis e uma máscara cirúrgica), assim como a importância da higiene das mãos do doente com o soluto antissético de base alcoólica e limitação da circulação dos doentes com suspeita, que serão encaminhados para uma sala de isolamento. Tal como o preconizado na orientação para o efeito, perante a hipótese de caso suspeito o responsável clínico contacta a DGS que contactará o INEM para transferência do doente para um hospital de referência”.

Sabe-se que reforçou ainda junto das equipas a importância do cumprimento das medidas de contenção da infecção e implementação destas medidas junto dos profissionais do Serviço de Urgências, e ainda do “cumprimento do fluxograma do circuito de doentes com suspeita de infecção pelo coronavírus especificamente elaborado para este fim”.

A unidade hospitalar adquiriu ou reforçou de equipamento identificado pela DGS como fundamental, exemplo máscaras cirúrgicas; respiradores P2; máscaras com viseira integrada; protecção ocular; batas impermeáveis e luvas. A partir da Intranet, foi facilitado aos trabalhadores do hospital, o acesso directo à base de dados online da disseminação mundial do coronavírus, e ao microsite “COVID-19” da DGS. 

As medidas a implementar perante um caso suspeito de infecção por COVID-19, diz fonte do Hospital da Figueira, estão detalhadamente descritas nas orientações divulgadas. Não obstante, reforçaram” a importância de nunca descurar a implementação das precauções básicas de controlo de infecção (PBCI): higiene das mãos, adequação de equipamento de protecção individual (EPI), adopção de medidas de etiqueta respiratória, boas práticas de higiene e limpeza, entre outros”.

Pub

Leia também

Atletas da Naval Remo representam Selecção Nacional no Campeonato Europeu

O Campeonato Europeu de Remo teve lugar no Lago Varese, na Itália, nos passados dias 21 e 22 de Maio, reunindo 400 Atletas de...

Santana Lopes diz que CAE há 20 anos na Figueira da Foz foi “pedrada no charco”

O presidente da Câmara da Figueira da Foz considerou hoje que o Centro de Artes e Espectáculos (CAE), que faz 20 anos, representou um...

Sessão de Cinema “KM 224” no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) apresenta, dia 27 de Maio, pelas 21h30, no Auditório João César Monteiro, uma sessão de cinema com...

19º aniversário do Núcleo Museológico do Sal encerra «Maio é Museu!»

A programação cultural promovida pelo Museu Municipal Santos Rocha (MMSR), no âmbito da iniciativa da 10.ª edição de "Maio é Museu!", vai culminar nas...

Dia Nacional das Colectividades: As Mulheres no Associativismo

A Câmara da Figueira da Foz vai assinalar no sábado o Dia Nacional das Colectividades 2022, no Auditório Municipal do Museu Dr. Santos Rocha,...