Início Internacional Figueira da Foz recebeu hoje meia centena de refugiados

Figueira da Foz recebeu hoje meia centena de refugiados

Cerca de meia centena de refugiados ucranianos chegaram hoje à Figueira da Foz, vindos da Eslováquia, onde se encontravam num campo de refugiados, num autocarro que arrancou da cidade no sábado.

O grupo – constituído por 17 crianças, 32 mulheres (uma delas grávida) e dois homens – foi recebido pelo presidente da Câmara, Pedro Santana Lopes, que deu as boas-vindas e prometeu levar os mais novos a comer gelados na cidade.

Visivelmente emocionado, o autarca disse, em declarações aos jornalistas, que o município tem “toda a vontade de apoiar” e considerou “extraordinário” todo o movimento de apoio que existe na Europa.

“O mundo também tem coisas bonitas e é preciso realçá-las”, sublinhou Santana Lopes, que destacou o sorriso das crianças “apesar disto tudo” e a simpatia dos restantes elementos.

A vereadora Olga Brás, que liderou a comitiva da protecção civil municipal que se deslocou a uma cidade próxima da fronteira com a Ucrânia, salientou que os refugiados “estão muito desgastados”, depois de uma viagem de cerca de 40 horas ininterruptas.

“O primeiro embate quando chegámos é completamente surreal, só mesmo vendo ao vivo. Chegámos às 2h, com 10 graus negativos, com as pessoas num campo de refugiados, sem o mínimo de condições”, disse a autarca, referindo que alguns ainda querem ficar “porque têm a esperança de que a guerra termine o mais rápido possível”.

O grupo vai ficar instalado no Colégio de Quiaios com acesso a biblioteca, aulas de música e português e a espaços de lazer, e esta tarde vai ser sujeito a avaliação médica e testados à covid-19.

À medida que vão integrando o mercado de trabalho, cada agregado vai-se instalando nas casas que estão a ser preparadas para os acolher.

O município da Figueira da Foz preparou uma bolsa de emprego, de alojamento e de escolas, para que as crianças possam ser matriculadas e frequentem o ensino.

“Queremos trazer as pessoas, mas acima de tudo dar-lhes dignidade e uma vida que deixaram toda para trás. Queremos estar ao lado e dar-lhes aquilo que perderam de alguma forma”, sublinhou a vereadora Olga Brás.

Pub

Leia também

Festa do Arroz em Maiorca

A Confraria do Arroz Doce de Maiorca vai realizar depois de amanhã, domingo, a Festa do Arroz, que irá decorrer em Maiorca. Esta iniciativa tem...

O Figueirense já nas bancas!

A edição mensal de Maio d'O Figueirense já se encontra nas bancas! Eis a primeira página:

19º aniversário do Núcleo Museológico do Sal encerra «Maio é Museu!»

A programação cultural promovida pelo Museu Municipal Santos Rocha (MMSR), no âmbito da iniciativa da 10.ª edição de “Maio é Museu!”, vai culminar nas...

Arquitecto figueirense ganha prémio nacional

O arquitecto paisagista figueirense Fernando dos Santos Pessoa ganhou o Prémio “Ambiente e Paisagem Gonçalo Ribeiro Telles”, segundo apurou O Figueirense. Outro dos premiados foi...

O Figueirense na Antena 1

O Figueirense esteve novamente na Antena 1, no programa de emissão internacional "Portugal em Directo", onde a jornalista Cláudia Aguiar Rodrigues conversou com o...