Início Local Casa florestal da Figueira reabriu novo concurso para exploração turística

Casa florestal da Figueira reabriu novo concurso para exploração turística

A Turismo Fundos lançou hoje novos concursos para a reabilitação e exploração turística de uma antiga casa florestal na Figueira da Foz e duas estações ferroviárias desactivadas no Alentejo, cujos anteriores ficaram desertos por desistência dos adjudicatários.

Segundo um comunicado da Turismo Fundos, o imóvel na região Centro é a Casa Florestal de Sul, na Mata Nacional da Fôja, da Figueira de Foz, enquanto as antigas estações são as de Sousel, no distrito de Portalegre, e de Represas, no concelho de Beja.

Os concursos, no âmbito do Revive Natureza, visam a atribuição de direitos de exploração turística destes três imóveis, depois de os que decorreram em 2021 terem ficado desertos, por desistência dos respectivos adjudicatários, adiantou.

Para o concurso referente à Casa Florestal de Sul, os interessados devem apresentar as suas candidaturas até ao dia 18 de Outubro deste ano.

Já os interessados nos concursos para a atribuição dos direitos de exploração turística das estações ferroviárias desactivadas têm que se candidatar até 17 de Novembro deste ano.

A Turismo Fundos indicou que, dos 34 concursos lançados e já encerrados, respeitantes a 36 imóveis que integram este fundo, sobretudo, antigos postos fiscais e casas de guardas-florestais, foram analisadas 417 candidaturas, encontrando-se os imóveis adjudicados, dos quais seis já têm contractos celebrados.

A única excepção é a Casa Florestal de Sul, cujo concurso foi agora reaberto, assinalou.

Quanto às estações ferroviárias, salientou a Turismo Fundos, já foram lançadas duas fases de concursos relativos a 18 imóveis deste género, das quais duas já se encontram adjudicadas.

O fundo destacou que está também a decorrer, até ao próximo dia 21 de Setembro, o prazo para apresentação de candidaturas aos 10 concursos para a atribuição de direitos de exploração das 12 estações ferroviárias.

Os direitos de uso destes imóveis foram transferidos para o Fundo Revive Natureza, após a celebração de protocolo com a IP Património, acrescentou.

Pub

Leia também

Exposição de ilustração de Marco Mendes no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) tem patente, até 18 de Setembro, uma exposição de ilustração do figueirense Marco Mendes, numa parceria com...

Naval Remo participou na Regata Internacional em Espanha

No passado fim-de-semana realizou-se Castrelo de Miño – Ourense, Espanha a Regata Internacional da Coupe de La Jeneusse, que contou com a participação de...

Figueira assinala Dia Internacional da Juventude

O município da Figueira da Foz assinala na sexta-feira o Dia Internacional da Juventude com um conjunto de actividades lúdicas, recreativas e desportivas direcionadas...

Dez de Agosto faz anos

Completa hoje mais um aniversário a Sociedade Filarmónica Dez de Agosto. Fundada no dia 10 de Agosto de 1880, esta colectividade cultural da Figueira da Foz assinala a efeméride com várias realizações,...

Palestra Rotary – Olhar o Futuro

O Rotary Club da Figueira da Foz vai promover na quinta-feira (dia 11), pelas 21h30, no Hotel Mercure, uma palestra sob o tema "Olhar...