Início Local Bombeiros Voluntários da Figueira fizeram 137 anos de existência

Bombeiros Voluntários da Figueira fizeram 137 anos de existência

No dia de ontem, 19 de Dezembro de 2019, marcou-se o 137º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz (AHBVFF) com um desfile de 44 viaturas pela cidade, finalizando as comemorações com uma sessão solene de tomada de posse dos Orgãos Sociais no Quartel dos Bombeiros Voluntários.

Fundada em 1882, contam os registos da época que a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz nasceu na sequência de um incêndio no dia 14 de Novembro em casa da “pobre idiota”” conhecida pela Sancha, quando se verificou que o corpo municipal não estaria devidamente apetrechado nem treinado para o combate eficaz aos incêndios. Logo no dia 18 desse mês formalizou-se a Comissão Organizadora constituída por Custódio Brás de Lemos, João Maria Viana, Júlio Brás de Lemos, Manuel Ramos de Oliveira, António Augusto Maia, José Maria de Oliveira, Custódio dos Santos, Ernesto Fernandes Tomás e João Maria Rocha Júnior. No dia seguinte, a comissão deu início à subscrição de donativos para aquisição de material, tendo a lista sido subscrita por mais de 60 figueirenses que contribuíram com um total de 223$150 réis.

E é assim que, em 19 de Dezembro de 1882, é registada a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, sendo a sua gestão assegurada pela Comissão Organizadora presidida por Custódio Brás de Lemos. O primeiro Comandante foi Ernesto Fernandes Tomás.

A Associação, que ao longo dos seus mais de 120 anos de existência já ocupou 8 sedes tem, desde 1975, o seu quartel nas instalações de um antigo armazém de bacalhau, que acabaria por lhe ser doado pela Câmara Municipal em 1982. Recentemente tem vindo a desenvolver obras de recuperação e melhoramento das instalações com vista à melhoria das condições de trabalho dos seus funcionários e voluntários.

A Associação recebeu em Maio de 2013 a Fénix de Honra da Liga dos Bombeiros Portugueses. Esta distinção, destina-se a galardoar a prática de actos ou serviços altamente relevantes (informação retirada da página dos BVFF).

Pub

Leia também

Ilustrações de Marta Monteiro no CAE até Dezembro

A ilustração da artista plástica Marta Monteiro estará em exposição no Centro de Artes e Espectáculos até dia 12 de Dezembro, em mais uma...

“Onde nos levará a Genética?” – palestra Rotary

A investigadora figueirense Sílvia Curado vai estar em directo hoje, a partir de Nova Iorque, com o Rotary Club da Figueira da Foz, numa...

Queima das Fitas de Coimbra arranca amanhã com algumas limitações

A Queima das Fitas de Coimbra começa na quinta-feira, com a Serenata Monumental, ainda com algumas limitações face à pandemia de covid-19, nomeadamente a...

Chuva acalma mas temperaturas baixam

A chuva vai parar até à próxima semana no concelho da Figueira da Foz, estando prevista uma diminuição significativa de temperatura ao longo dos...

Nova maternidade de Coimbra vai ser construída nos Hospitais da Universidade

A nova maternidade de Coimbra vai ser construída no polo dos Hospitais da Universidade, anunciou hoje o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de...