Início Ambiente Meses de Fevereiro e Maio foram os mais quentes dos últimos 89...

Meses de Fevereiro e Maio foram os mais quentes dos últimos 89 anos em Portugal

Os meses de Fevereiro e Maio deste ano foram os mais quentes desde 1931, segundo dados divulgados pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) sobre o primeiro semestre de 2020.

De acordo com o resumo climático relativo ao primeiro semestre do ano, o mês de Fevereiro foi “o mais quente desde 1931”, em particular, nos dias 23 e 24 “foram ultrapassados os maiores valores de temperatura máxima do ar” para este mês, em cerca de 40% das estações meteorológicas do IPMA.

O mês de Maio também foi “o mais quente” dos últimos 89 anos, igualando 2011.

O IPMA explicita que neste mês ocorreu “uma onda de calor, em grande parte do território” de Portugal continental, entre os dias 17 e 31, e que pode ser considerada “como uma das mais longas e com maior extensão territorial” relativamente a Maio.

Ainda sobre onda de calor em maio, o resumo climático acrescenta que “nas estações de Montalegre, Bragança, Vila Real/cidade, Benavila, Mértola, Lisboa/I.G foi mesmo a onda de calor com maior duração desde 1950”.

As regiões a sul do Tejo, em particular as do Baixo Alentejo e Algarve registaram situação “de seca meteorológica” entre Janeiro e Junho, mas com “diminuição da sua intensidade” a partir de Abril.

Relativamente a valores de temperatura extremos, o menor valor de temperatura mínima (-5.6 ºC) foi registado em 06 de Janeiro, em Sabugal, distrito da Guarda.

Já o maior valor de temperatura máxima (41ºC) foi registado na freguesia de Alvalade, concelho de Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, e em Portel, distrito de Évora, em 22 de Junho.

A cidade da Guarda registou o maior valor “da quantidade de precipitação” num único dia, em 05 de Abril, enquanto Pampilhosa da Serra (distrito de Coimbra), obteve o maior valor “da intensidade máxima do vento”, uma rajada, (124,9 quilómetros por hora), em 20 de Janeiro.

Pub

Leia também

Investigadores de Coimbra ‘preparam’ refeições à base de algas da Figueira da Foz

Algas existentes nos penedos da praia da Tamargueira, em Buarcos, estão na base de um projecto que inclui sopas, pratos salgados e sobremesas, coordenado...

Embarcação a duas milhas da Figueira pede auxílio

Dois tripulantes de embarcações salva-vidas auxiliaram hoje, de madrugada, uma embarcação de recreio “que se encontrava sem propulsão, nas imediações da entrada da barra...

“Casa Aberta” no Posto de Vacinação do Quartel

O Centro de Vacinação Covid-19, em funcionamento no Quartel da GNR, já se encontra de volta ao activo sob o regime de "Casa Aberta"....

Figueira da Foz promove “Lojas com História” nas Jornadas Europeias do Património

O município da Figueira da Foz divulga no fim de semana o projecto local “Comércio com História”, no âmbito das Jornadas Europeias do Património...

Orcas atacam veleiro ao largo da Figueira

Um veleiro de onze metros foi ontem atacado, ao largo da Figueira da Foz, por um grupo de orcas que não provocou feridos ou...