Início Economia Preços acima das cotações justificam fixação de máximos no gás de botija

Preços acima das cotações justificam fixação de máximos no gás de botija

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) apontou a existência de problemas estruturais no mercado de gás engarrafado, com “elevados níveis de concentração”, e preços desfasados das cotações internacionais, para justificar a fixação de valores máximos.

Os preços máximos da botija de gás de petróleo liquefeito (GPL), fixados pelo Governo, entraram hoje em vigor e representam uma poupança de quase 3,2 euros por garrafa de butano de 13 quilogramas (Kg).

Na sexta-feira, o Governo voltou a fixar preços máximos para o gás engarrafado, tal como já tinha acontecido durante a pandemia de covid-19, determinando que uma garrafa de butano de 13 quilogramas (kg) terá como valor máximo 29,47 euros, enquanto as garrafas de 12,5 kg vão custar até 28,34 euros, segundo os números ERSE.

Pub

Leia também

Basquetebol do Benfica homenageia Henrique Vieira frente à Oliveirense

O Benfica homenageou o seu antigo ‘capitão’ e treinador de basquetebol Henrique Vieira, na recepção à Oliveirense na 19.ª jornada da primeira fase do...

O Figueirense já nas bancas!

A edição de Janeiro do jornal O Figueirense já está nas bancas! Eis a primeira página:

Teatro no CAE com a peça “A Farsa de Inês Pereira”

A Etcetera Associação Artística vai apresentar a peça de teatro "A Farsa de Inês Pereira" no Grande Auditório do Centro de Artes e Espectáculos,...

Ciclista Fabio Jakobsen vem correr à Figueira Champions

O neerlandês Fabio Jakobsen, da Soudal Quick-Step, actual campeão da Europa de estrada e um dos melhores sprinters da actualidade, é o nome principal...

Nadadores do Ginásio em destaque no Open de Alcobaça

A prova Open Masters de Alcobaça, realizada neste passado fim-de-semana, foi palco para o Ginásio se destacar com os seus nadadores masters de diferentes...