Início Nacional Distância de dois metros e carros até três pessoas entre novas regras...

Distância de dois metros e carros até três pessoas entre novas regras para ensino de condução

As novas regras do ensino da condução no quadro da pandemia de covid-19, publicadas hoje em Diário da República, prevêem um distanciamento de dois metros em aulas e exames e um máximo de três pessoas nos carros de instrução.

Depois de as escolas de condução terem retomado a actividade a 18 de Maio, são agora feitas alterações a algumas medidas devido aos recentes desenvolvimentos da pandemia em Portugal.

O despacho publicado hoje refere que, no contexto da actual situação epidemiológica provocada pela covid-19, foram adoptadas medidas de contingência nas actividades do ensino e exames de condução e actividade de formação presencial de certificação de profissionais, permitindo a retoma das actividades a 18 de Maio.

“Decorrido mais de um mês após a retoma, face ao impacto das medidas de contingência adoptadas, considera-se que se justifica uma revisão de algumas medidas, tendo também em consideração os recentes desenvolvimentos da evolução epidemiológica na Área Metropolitana de Lisboa, designadamente a declaração da situação de calamidade e de contingência em algumas localidades”, precisa.

Entre as novas medidas está a sensibilização de todos os envolvidos no ensino, exames e formação para o cumprimento do distanciamento físico de, no mínimo, dois metros, a colocação de divisórias entre o trabalhador que está a atender e o público ou, em alternativa, assegurar o distanciamento físico recomendado.

O despacho salienta que é permitida a utilização da sala de espera, desde que assegurado o distanciamento físico de, no mínimo, dois metros e higienizado com frequência o espaço, e os alunos e os formandos devem esperar o início da formação no exterior das instalações ou na sala de espera, observando o distanciamento físico recomendado.

As novas regras estabelecem também que deve ser assegurada na sala de formação o distanciamento físico recomendado de, no mínimo, dois metros, bem como nos espaços dos exames.

Segundo o despacho, só podem estar dentro do veículo durante as aulas práticas até três pessoas, deve ser dada preferência à abertura das janelas durante o ensino, formação ou exame e, em caso de necessidade, o sistema de ventilação do veículo deve ser ligado em modo de extracção e não em modo de recirculação do ar.

Na Área Metropolitana de Lisboa continuam a só poder estar dentro do veículo de condução duas pessoas, o aluno e o instrutor.

Foto: Lusa – Manuel de Almeida

Pub

Leia também

Obras da baixa esperam dinâmica do empreiteiro

O empreiteiro das obras da baixa da cidade figueirense comprometeu-se a avançar com a pavimentação das ruas infraestruturadas, entre as quais a...

Presidente da República promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou hoje o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por...

Costa de Portugal sob aviso amarelo devido à agitação do mar

Toda a costa de Portugal continental e da Madeira estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima, com ondas...

Equipa sénior de basquetebol do Ginásio Figueirense em isolamento

Os 12 jogadores da equipa sénior de basquetebol do Ginásio Clube Figueirense (GCF) estão em isolamento profilático, depois de terem sido confirmados...

Detidos por cumprimento do mandado de detenção

Anteontem pelas 9h45, na Rua do Chalet na Figueira da Foz, um homem de 23 anos foi detido pela PSP, “dado pender sobre...