Início Nacional Covid-19: Ministra da Saúde diz que DGS teve parecer positivo para uso...

Covid-19: Ministra da Saúde diz que DGS teve parecer positivo para uso generalizado de máscaras

A ministra da Saúde anunciou ontem, em entrevista à RTP1, que a Direcção-geral da Saúde pediu um parecer sobre o uso generalizado de máscaras para evitar a propagação da covid-19, tendo sido aconselhada a equacionar a medida.

“A Direcção Geral da Saúde (DGS) pediu ainda hoje um parecer ao coordenador do Programa Nacional de Prevenção e Luta contra as Resistências Microbianas e esse parecer vai no sentido de equacionar o uso mais amplo das máscaras”, afirmou Marta Temido.

A ministra não adiantou se a recomendação será adoptada, mas admitiu que os responsáveis pelas decisões têm de se adaptar e ter uma dinâmica muito rápida perante as evidências novas que vão surgindo.

Na entrevista, a ministra recordou, no entanto, que o documento que a Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda tem disponível continua a referir que, para as pessoas sem sintomas, não é recomendável utilizar uma máscara de qualquer tipo.

Após recordar que a infecção com o novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, acontece sobretudo por gotículas de saliva, a ministra alertou que uma máscara mal utilizada poderá não prevenir esse risco.

“O que sabemos também é que em algumas circunstâncias a utilização de máscaras, se devidamente utilizada e sobretudo, muito importante, devidamente acompanhada por um conjunto de outras medidas, pode ter um efeito protector e um efeito de diminuição…”, afirmou, explicando que o uso de máscara facial pode sobretudo permitir “que algumas coisas que não temos estado a fazer, em termos de contacto social, em termos de utilização de certos serviços, possa recuperar algum enquadramento”.

Ao alertar para a necessidade de “não permitir a ninguém, baixar a guarda”, precisou que o uso da máscara “pode permitir que alguém que está a uma distância de outro, que por algum motivo não é a distância ideal, não afecte o outro”.

Marta Temido assinalou ainda a recomendação emitida esta semana pela Direcção Geral da Saúde (DGS) sobre o uso de equipamentos individuais, e disse que a sua equipa está consciente que “a adaptação da sociedade e de uma necessidade de contacto” terá de ser acompanhada por medidas.

“Estamos confortáveis com as recomendações que temos e que emitimos esta semana, a utilização de máscara num contexto em que as pessoas ainda estão confinadas. O que estamos a equacionar é uma alteração possível de contexto em que uma necessidade de maior circulação social possa ser adequadamente mais protegida pela utilização mais abrangente de máscaras”, precisou a ministra.

Pub

Leia também

Município promove actividade de serviço educativo por telefone para população sénior

O Município da Figueira da Foz dinamiza, através do serviço Educativo da Cultura - Biblioteca Municipal Pedro Fernandes Tomás, uma nova actividade “Trim Trim...

Centro de Recolha Animal da Figueira da Foz acolheu 625 animais em 2020

O trabalho realizado no ano de 2020 pelo Serviço Veterinário Municipal (SVM) foi elogiado na última reunião de Câmara pelo vereador Miguel Pereira, em...

Figueira da Foz com 243 casos activos

O concelho da Figueira da Foz registou hoje seis novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Pandemia teve impacto negativo na saúde mental dos jovens portugueses

A pandemia de covid-19 teve “um significativo impacto negativo na saúde mental dos jovens portugueses, especialmente nos níveis de depressão e de ansiedade”, conclui...

Figueira sob aviso amarelo devido à agitação marítima

O distrito de Coimbra está hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, informou hoje o Instituto Português do Mar e...