Início Regional Bispo de Coimbra diz que os jovens estão “cansados de esperanças sem...

Bispo de Coimbra diz que os jovens estão “cansados de esperanças sem fundamento”

O bispo de Coimbra, Virgílio Antunes, disse que os jovens estão “cansados de esperanças sem fundamento” e mais abertos à espiritualidade e ao anúncio do Evangelho do que anteriores gerações.

 Para Virgílio do Nascimento Antunes, as actuais gerações “estão relativamente insatisfeitas”, além de assumirem “uma atitude de procura de respostas na espiritualidade, porventura em Deus”.

O responsável máximo da diocese de Coimbra falava na Casa Episcopal, nesta cidade, num encontro com os jornalistas em que foi apresentado o Plano Pastoral para o triénio 2021-2024.

A concretização do Plano Pastoral, envolvendo os jovens, constitui “uma grande oportunidade para a proposta da fé”, que deve assentar “na vida da comunidade cristã”, afirmou.

As novas gerações, em geral, mais do que seus pais ou avós, revelam “uma capacidade de abertura a outras realidades, que pode ser também um desejo forte de mudança e de dar este passo da novidade” em diferentes níveis, sublinhou.

Segundo o prelado, os jovens evidenciam hoje “conhecimento das diversas fragilidades do mundo” e mais receptivos à participação “numa oportunidade de verdadeira novidade”.

Face a uma “diminuta dimensão espiritual” da vida colectiva no século XXI, “os jovens são a possibilidade da revelação”, acentuou Virgílio Antunes, que corroborou “a exortação apostólica do papa Francisco”, que valoriza “a alegria do Evangelho” numa “sociedade com uma acentuada secularização”.

Na sua opinião, é preciso “fazer renascer e aumentar esperança numa Humanidade mais saudável e unida”, cabendo à Igreja de Roma “uma missão muito importante a desempenhar” a este nível.

“Temos de procurar ir ao encontro dos jovens com uma proposta global. É uma oportunidade que não podemos desperdiçar”, defendeu o bispo de Coimbra.

Na sessão, intervieram ainda o vigário episcopal para a pastoral, Manuel Carvalheiro, um membro do Conselho Pastoral Diocesano, Ana Filipa Santos, e a médica Sílvia Monteiro, a quem coube coordenar as intervenções.

Foto: Agência ECCLESIA

Pub

Leia também

Propostas de concessão dos casinos Estoril e Figueira da Foz estão em análise

As propostas para a concessão da exploração das zonas de jogo do Estoril e da Figueira da Foz foram hoje abertas e encontram-se, "neste...

Peça de Teatro “Eu Nunca Vi um Helicóptero Explodir” no CAE

O Grande Auditório do Centro de Artes e Espectáculos (CAE) vai ter em palco a peça de teatro “Eu Nunca Vi um Helicóptero Explodir”,...

Conversas com Saber – “As vertentes de uma abadia cisterciense”

No dia 8 de Outubro, pelas 15 horas, O Quartel de Imagem recebe a 15.ª edição da tertúlia "Conversas com Saber" com a temática...

Infectados com covid-19 deixam de cumprir isolamento

As pessoas infectadas com covid-19 vão deixar de cumprir isolamento e as máscaras mantêm-se obrigatórias em unidades de saúde e lares com o fim...

Clássica da Figueira é a novidade no calendário internacional de ciclismo para 2023

A Figueira Champions Classic, nova corrida de ciclismo de estrada na Figueira da Foz, agendada para 12 de Fevereiro, é a principal novidade no...