Início Regional Covid-19: Centro Hospitalar de Coimbra internou hoje o primeiro infectado

Covid-19: Centro Hospitalar de Coimbra internou hoje o primeiro infectado

Um infectado pelo Covid-19 foi hoje internado no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), disse o presidente daquela unidade, Fernando Regateiros, referindo que este “é o primeiro e único caso” de internamento ali, motivado pela doença.

O cidadão que está internado, em isolamento, desde hoje, nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), uma das unidades que integra o CHUC, chegou ali já referenciado, adiantou Fernando Regateiro, escusando-se a adiantar mais pormenores sobre o caso concreto.

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) informou, no dia 04, que até então tinham sido reportados com resultados positivos para o novo coronavírus cinco casos, três dos quais no Porto, um em Lisboa e outro em Coimbra, que foi internado no CHUC, mas que foi infectado pelo Covid-19, disse hoje à agência Lusa Fernando Regateiro.

No entanto, o CHUC tem avaliado diversos casos de suspeitas de infecção com o Covid-19, acrescentou o responsável, recordando que este é um hospital de referência, no âmbito da epidemia de coronavírus, onde o laboratório já está a fazer análises desde o dia 03, mas cujas situações não aconselharam internamento.

O presidente do conselho de administração do CHUC falava hoje, durante uma conferência de imprensa, para dar informação sobre a resposta do Centro Hospitalar à contingência gerada pelo Covid-19.

Fernando Regateiro assegurou que o CHUC tem vindo, há cerca de um mês, a trabalhar para, de acordo com o plano de contingência, dar “uma resposta robusta, preparada”, à epidemia.

Mas, apelou, nada substitui a necessidade de todas as pessoas encararem a situação, que já atinge “um número significativo de casos”, com “serenidade e responsabilidade”, adoptando todas as precauções, como tem sido sublinhado pelas autoridades.

Entre as medidas adoptadas pelo CHUC, de referir, designadamente, para a transferência para os HUC dos doentes da unidade de cuidados intensivos do Hospital Geral (vulgarmente identificado como Hospital dos Covões), de modo a ficar exclusivamente dedicada à doença e onde dispõe de nove camas para doentes críticos, uma capacidade que pode ser expandida, numa primeira fase, até 31 camas.

Também nos HUC há cerca de três dezenas de camas (incluindo quartos de isolamento) para receber este tipo de doentes, enquanto o Hospital Pediátrico de Coimbra está igualmente preparado, embora, nesta fase, apenas com sete camas, três das quais nos cuidados intensivos.

As visitas a doentes internados no CHUC foram, entretanto, restringidas, não sendo de excluir a necessidade de virem a ser interditadas, admitiu Fernando Regateiro, que, entretanto, também apela à compreensão e ao sentido de responsabilidade de quem quer visitar as pessoas ali internadas, que as deve evitar neste período.

Sobre os fatos adquiridos para proteger os profissionais dos CHUC, que não foram fabricados especificamente para o efeito, porque o mercado não tem capacidade de resposta, o presidente do Centro Hospitalar disse que “funcionam”, pois na situação “não se põe a questão da esterilidade, mas de barreira, de impermeabilidade”, e foram testados por especialistas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou hoje a doença Covid-19 como pandemia.

A DGS indicou hoje que o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus que causa a doença Covid-19 subiu para 59, mais 18 do que os contabilizados na terça-feira.

A região Norte continua a registar o maior número de casos confirmados (36), seguida da Grande Lisboa (17) e das regiões Centro e do Algarve (três cada).

A Covid-19 foi detectada em Dezembro, na China, e já provocou mais de 4.300 mortos em 28 países e territórios.

Pub

Leia também

Governo procura “soluções alternativas” para impedir concentrações à porta de escolas

Na conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia da covid-19, Marta Temido declarou que “os vários setores do Governo que se defrontam...

Figueira da Foz é cidade há 138 anos

Hoje comemora-se o 138.º aniversário da elevação da Figueira da Foz a cidade, com o hastear da bandeira do município no edifício...

Mau Tempo: Mais de 150 ocorrências entre as 08:00 e as 17:00

A Proteção Civil registou 150 ocorrências devido ao mau tempo, com Leiria, Coimbra, Porto e Lisboa a serem os distritos mais afetados,...

Figueira ganha prémio nacional da Mobilidade em Bicicleta

O Município da Figueira da Foz foi galardoado com o prémio nacional da mobilidade em bicicleta 2020, na categoria de Autarquias e...

Pais contra as mudanças de sala dos alunos

Os pais e encarregados de educação da turma 1, do 6.º ano de escolaridade da Escola Dr. João de Barros da Figueira...