Início Nacional Portugal conseguiu. Matilde já tem 2 milhões de euros

Portugal conseguiu. Matilde já tem 2 milhões de euros

A menina de dois meses e meio sofre de uma doença rara: atrofia muscular espinhal do tipo 1. A esperança da família era reunir 2 milhões de euros, de forma a pagar o medicamento, chamado Zolgensma, que ainda só existe nos Estados Unidos. Com uma campanha no facebook, fizeram um apelo para que as pessoas ajudassem a Matilde. Em 13 dias, os portugueses juntaram mais 2 milhões de euros.

Em 13 dias, os portugueses juntaram mais 2 milhões de euros.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco

Na página do facebook pode ler-se: “Atingimos o objetivo do valor do medicamento, provavelmente teremos despesas adicionais.
Estamos aguardar respostas protocalores e que a saúde da Matilde melhore para podermos avançar com os próximos passos.A todas as pessoas que organizaram e estão a organizar os eventos solidários para a nossa causa, deixamos ao vosso critério o que fazer a seguir. O valor que não for utilizado no tratamento da Matilde será doado às famílias com outras “Matildes”.”

Leia também

Figueira da Foz destruiu 130 ninhos de vespa asiática desde o início do ano

O concelho da Figueira da Foz eliminou desde janeiro 130 ninhos de vespas velutinas, na maioria localizados nas maiores freguesias urbanas, Buarcos...

Incêndios: Acusada de queimada que terá contribuído para fogo no Pinhal de Leiria começa hoje a ser julgada

Uma mulher de 69 anos começa hoje a ser julgada no Tribunal de Alcobaça, acusada de ter sido autora de uma queimada...

António Costa propõe Ana Abrunhosa para ministra da Coesão Territorial

O primeiro-ministro indigitado propôs hoje ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a nomeação de Ana Abrunhosa para o cargo de...

Academia Europa debate projeto europeu com 60 universitários na Figueira da Foz

A segunda edição da Academia Europa, a primeira na Figueira da Foz, quer discutir o futuro do projeto europeu mas também as...

Figueira da Foz recusa reabrir acesso no Cabo Mondego por questões de segurança

O presidente da Câmara da Figueira da Foz manifestou-se irredutível sobre a reabertura de um caminho de acesso no Cabo Mondego, junto...