Início Local Termo de identidade e residência para homem que simulou crime de roubo

Termo de identidade e residência para homem que simulou crime de roubo

Um homem de 37 anos de idade foi constituído arguido, na sequência de um processo de investigação levado a cabo pela Divisão Policial da Figueira da Foz, depois de ter denunciado o roubo do seu telemóvel, com ameaça de uso de navalha.

A investigação permitiu concluir que “o crime tinha sido simulado, com o objectivo de a seguradora do agora arguido lhe pagar o valor do dispositivo”, refere a PSP em nota chegada à nossa Redacção.

O homem ficou sujeito a termo de identidade e residência.

Pub

Leia também

Três detidos em operação da PSP em cinco concelhos de Coimbra e Lisboa

Três homens foram detidos, na terça-feira, por vários crimes praticados nos concelhos de Cantanhede, Coimbra, Figueira da Foz e Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra,...

Energia eólica no mar da Figueira da Foz pode criar mais de sete mil empregos

A concretização do projecto de energias eólicas no mar ao largo da Figueira da Foz por um fundo de investimento dinamarquês pode criar entre...

GNR detém homem detido por furto em armazém industrial

O Comando Territorial de Coimbra da GNR, através do Posto Territorial da Praia de Quiaios, deteve, no domingo, em flagrante, um homem de 25...

Plano Nacional de Cinema no AEZUFF

O Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz (AEZUFF) e o Centro de Artes e Espectáculos dinamizaram a iniciativa “Escola vai...

Bombeiros Voluntários homenagearam o seu presidente

O corpo dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz decidiu homenagear o seu presidente, Lídio Lopes, assinalando o marco dos 25 anos da sua...