Início Economia Rota do Mondego reforça “melhor turismo” no Centro

Rota do Mondego reforça “melhor turismo” no Centro

A Grande Rota do Mondego, um percurso com 142 quilómetros inaugurado na Figueira da Foz, pode ajudar à promoção de “melhor turismo” na região Centro, afirmou hoje a secretária de Estado que tutela o sector. “Temos de acreditar que, assim que a procura deixe de estar reprimida, ela vai surgir”, disse Rita Marques, nos Paços do Concelho locais onde decorreu a cerimónia inaugural.

A Grande Rota do Mondego é um itinerário turístico que liga Oliveira do Hospital à Figueira da Foz, passando ainda pelos municípios de Tábua, Mortágua, Penacova, Coimbra e Montemor-o-Velho.

“Temos de acautelar o presente, mas sobretudo acautelar o futuro”, defendeu a secretária de Estado do Turismo, ao recordar que, nos primeiros meses da actual pandemia da Covid-19, foi importante criar “condições para resistir”, adoptando medidas e desbloqueando apoios para salvar empresas e empregos nesta área. Depois, era necessário recuperar das dificuldades, um objectivo do Governo em que disse continuar empenhada.

Pub

Leia também

Figueira da Foz com 29 novos casos de infectados nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou hoje 29 novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Pais que fiquem com filhos nas vésperas dos feriados só têm faltas justificadas

Os pais que fiquem em casa com os filhos a 30 de Novembro e a 07 de Dezembro, devido ao encerramento das escolas, terão...

Figueira com 36 novos casos nas ultimas 24h – mais de 500 pessoas recuperaram da doença

O concelho da Figueira da Foz registou hoje 36 novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Figueira da Foz com menos casos activos que ontem – 33 novos casos nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou hoje 33 novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Portugal é o 4.º país da UE com mais impostos na factura eléctrica doméstica

Portugal foi no primeiro semestre o quarto país da União Europeia (UE) com a componente mais alta de taxas e impostos na factura da...