Início Economia PS viabiliza Orçamento a Santana Lopes no município da Figueira da Foz

PS viabiliza Orçamento a Santana Lopes no município da Figueira da Foz

O PS viabilizou hoje o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2022 do município da Figueira da Foz, presidido pelo independente Pedro Santana Lopes, eleito pelo movimento Figueira a Primeira, que governa sem maioria absoluta.

Na continuação da reunião extraordinária de 10 Dezembro, que foi suspensa após a oposição ameaçar chumbar os documentos, os socialistas votaram a favor dos documentos e o PSD contra, após um processo negocial com o executivo liderado pelo antigo primeiro-ministro.

“É preciso ter serenidade e depois procurar ouvir e seguir as sugestões, porque cada época tem as suas circunstâncias”, disse no final, aos jornalistas, o presidente da autarquia, congratulando-se com o voto favorável dos socialistas, de que não estava à espera.

Salientando que não considera o voto favorável do PS como um presente de Natal, Santana Lopes realçou que o Orçamento aprovado é “equilibrado”, em que houve “um esforço” para reafectar 1,1 milhão de euros para investimentos nas freguesias, reduzindo os montantes de aquisição de bens e serviços.

A segunda versão do Orçamento contempla ainda a abertura de três rubricas, no total de 100 mil euros, para acolher a criação do Centro de Investigação Florestal (30 mil euros), Escola do Mar e da Economia (50 mil euros) e construção do parque de estacionamento do mercado municipal (20 mil euros).

De resto, como o presidente da Câmara já tinha referido, o Orçamento para 2022, no montante de cerca de 83,3 milhões de euros, “tem uma preocupação fundamental, que é assegurar a gestão do município neste tempo de incerteza e de excepcionalidade” causada pela pandemia da covid-19.

“O Orçamento foi alterado, embora as negociações não tenham decorrido como deviam. Foram ouvidos os presidentes de Junta e contempladas intervenções nas freguesias, tendo aqueles autarcas considerado que, para este primeiro ano, é tolerável aceitar o Orçamento”, disse aos jornalistas o vereador socialista Carlos Monteiro, antigo presidente da autarquia figueirense.

O autarca salientou que o PS votou a favor do Orçamento numa perspectiva construtiva, porque colocou “duas ou três condições que foram concretizadas”.

“Quando votamos contra ou a favor estamos sempre a salvaguardar o interesse dos figueirenses. No caso concreto achámos que este Orçamento estava bem melhor do que o primeiro e salvaguardava melhor os interesses dos figueirenses”, sublinhou.

O único vereador do PSD, Ricardo Silva, votou contra o documento por considerar que se trata do “Orçamento do marasmo”, que dá “continuidade às políticas do PS que conduziram a Figueira da Foz ao marasmo”.

“Para quem vinha fazer a ruptura com o passado recente ficou muito aquém”, enfatizou o social-democrata, questionando Santana Lopes sobre que “estratégia de desenvolvimento sustentado” tem para o concelho.

Ricardo Silva criticou ainda as verbas gastas com o espectáculo de fim de ano (cerca de 170 mil euros) no Coliseu Figueirense e questionou se “não seria melhor proporcionar um Natal mais feliz a algumas centenas de figueirenses desprotegidos”.

Pub

Leia também

Figueira: a mais procurada

O Jornal da Madeira escreveu a notícia que “a Jetcost.pt analisa regularmente as pesquisas realizadas no seu site, para que assim sejam obtidos dados mais...

Detido suspeito de provocar cinco incêndios na Figueira da Foz

A Policia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem suspeito de atear cinco incêndios florestais no concelho da Figueira da Foz. O detido...

Peça de teatro “Chovem Amores na Rua do Matador”

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) apresenta, no dia 23, pelas 22 horas, no Auditório Municipal, a peça de teatro "Chovem Amores na...

Homem colhido mortalmente por ambulância junto ao Hospital

Um homem morreu hoje na Figueira da Foz após ter sido atropelado na última madrugada quando estava caído junto ao hospital da cidade, confirmaram...

Naval Remo participou no Campeonato Regional de Velocidade

No fim-de-semana passado, teve lugar, na pista de remo de Montemor-o-Velho, o Campeonato Regional de Velocidade de Remo, em que participaram seis clubes com...