Início Ambiente Proibida a apanha e venda de mexilhão e amêijoa-branca devido a substâncias...

Proibida a apanha e venda de mexilhão e amêijoa-branca devido a substâncias tóxicas

A apanha e comercialização de mexilhões e amêijoa-branca está proibida desde ontem na zona litoral da Figueira da Foz – Nazaré, devido à detecção de substâncias tóxicas naqueles moluscos, de acordo com uma nota oficial do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o despacho, estas espécies de bivalves contêm biotoxinas lipofílicas que podem levar a Intoxicação Diarreica por Marisco (DSP), sendo recomendado que estes não sejam consumidos (se provenientes da zona) até a interdição ser levantada.

Os bivalves eliminam as toxinas de forma natural, assim que as micro-algas produtoras desapareçam da água do mar, o que normalmente se verifica em períodos relativamente curtos.

A intoxicação nos bivalves é comum entre a primavera e o outono, mas costuma ocorrer com mais frequência nos meses de verão, ainda segundo aquele organismo público. A nota que decreta a interdição não indica até quando se manterá a proibição de apanhar e comercializar aquelas espécies.

Pub

Leia também

Dia Nacional das Colectividades: As Mulheres no Associativismo

A Câmara da Figueira da Foz vai assinalar no sábado o Dia Nacional das Colectividades 2022, no Auditório Municipal do Museu Dr. Santos Rocha,...

Cláudia Andrade nas “5as de Leitura”

No dia 26 de Maio, pelas 21h30, a Sala de Leitura da Biblioteca Municipal vai receber mais uma sessão da iniciativa de promoção e...

Sub-16 do Ginásio na Final da Zona Norte da Taça Nacional

A equipa sub-16 (juvenis) do Ginásio Clube Figueirense derrotou o Olivais duas vezes para conseguir avançar para a Final da Zona Norte da Taça...

Esplanadas deixam de pagar taxas

A Câmara Municipal da Figueira da Foz, sob proposta do presidente, Pedro Santana Lopes, deliberou, por unanimidade, votar favoravelmente, a isenção de taxas de...

Apesar de leve, covid aumenta números na Figueira

O Hospital Distrital da Figueira da Foz (HDFF) detectou, na última semana, através de testes, uma média diária de 21 casos positivos de covid-19,...