Início Ambiente Mumificação natural cresce em cemitérios nacionais

Mumificação natural cresce em cemitérios nacionais

Os cemitérios portugueses registam cada vez mais casos de mumificação que acontece de forma natural, provocando constrangimentos em termos de espaço, alertou hoje a investigadora em Antropologia Forense da Universidade de Coimbra, Ângela Silva Bessa.

Em declarações à agência Lusa, a investigadora explicou que a mumificação natural vem ocorrendo, nos últimos anos, em cemitérios de todo o país, o que obriga a que as sepulturas temporárias permaneçam ocupadas para além dos três anos previstos na lei, até à exumação do cadáver.

“A Lei devia ser revista, pois este é um problema cada vez maior em Portugal. Se o corpo estiver mumificado, dificilmente vai decompor-se, mesmo que fique inumado por mais dois, quatro ou seis anos”, alegou.

De acordo com Ângela Silva Bessa, a investigação que vem realizando nos últimos três anos, em cemitérios do Porto, Braga, Figueira da Foz, Mértola e Faro, permitiu registar “casos em que era a quarta vez que tentavam exumar o cadáver”.

Segundo Ângela Silva Bessa, de 28 anos, ainda não se sabe muito bem o que influencia a decomposição humana, embora se acredite que esta ocorra mediante um conjunto de variáveis que actuam entre si.

Pub

Leia também

Ginásio conquista prata e bronze na regata “Aerobic Monsters”

O Clube Naval Infante D. Henrique organizou no sábado, dia 3, a Regata Internacional “Aerobic Monsters”, exclusiva para embarcações skiff, na qual participaram quatro...

Concerto de Ano Novo com Sofia Escobar

O grande auditório do Centro de Artes e Espectáculos vai acolher um concerto de Ano Novo com Sofia Escobar, no dia 8 de Janeiro...

Figueira recebe espectáculo sobre incêndios florestais

O espetáculo “Sob a Terra”, criado em 2020 pela Leirena Teatro para abordar a temática dos incêndios florestais, vai voltar aos palcos no mês...

PSP promove projecto de prevenção em 62 escolas de Coimbra e Figueira da Foz

Mais de 60 estabelecimentos de ensino básico e secundário da área de responsabilidade da PSP de Coimbra e Figueira da Foz vão ser abrangidos,...

Magenta apresenta “Aqui há Natal #2” em exposição no CAE

Até ao final do mês, a Sala Zé Penicheiro do Centro de Artes e Espectáculos terá patente a exposição "Aqui há Natal #2", pela...