Início Local Lançado concurso de 18 ME para reabilitar Ponte Edgar Cardoso

Lançado concurso de 18 ME para reabilitar Ponte Edgar Cardoso

O concurso público para reabilitar e reforçar a Ponte Edgar Cardoso foi lançado, com um investimento de 18 milhões de euros, anunciou hoje a Infraestruturas de Portugal.

Numa nota de imprensa, a empresa informa que foi publicado em Diário da República, na segunda-feira, o concurso público para a contratação da empreitada de reabilitação e reforço na Ponte Edgar Cardoso sobre o rio Mondego, situada ao quilómetro 118,108 da Estrada Nacional 109.

“Esta empreitada envolve um investimento estimado em 18 milhões de euros e um prazo de execução previsto de 720 dias”, refere a nota da Infraestruturas de Portugal, explicando que as intervenções previstas “consistem, essencialmente, na substituição integral do sistema de tirantes da ponte por um sistema de nova geração, bem como a beneficiação geral da obra”.

Nesta beneficiação estão contemplados, entre outros trabalhos, a protecção das superfícies de betão das torres e anticorrosiva da estrutura metálica do tabuleiro da ponte, a limpeza, decapagem e pintura dos guarda-corpos, incluindo reparação dos módulos danificados, a substituição do revestimento existente nos passeios e das juntas de dilatação, e a alteração do sistema de iluminação pública.

A Infraestruturas de Portugal adianta que a Ponte da Figueira da Foz, projectada pelo professor Edgar Cardoso, “foi a primeira ponte rodoviária com o tabuleiro ‘atirantado’ realizada em Portugal, tendo sido aberta ao tráfego em 1982”.

“Esta travessia sobre o rio Mondego, também conhecida como Ponte da Figueira da Foz, tem um desenvolvimento total de 1.421 metros”, esclarece.

A empresa explica que se trata de uma “ponte de tirantes (cabos de aço) que está dividida em três tramos”.

Fonte da empresa disse à agência Lusa que o lançamento deste concurso integra o programa anual de investimentos da Infraestruturas de Portugal na melhoria das infraestruturas que tutela, sendo que o investimento será realizado com capitais próprios.

“A expectativa da empresa é que a obra possa arrancar no final deste ano ou início do próximo”, afirmou a mesma fonte.

Pub

Leia também

Atletas da Naval Remo representam Selecção Nacional no Campeonato Europeu

O Campeonato Europeu de Remo teve lugar no Lago Varese, na Itália, nos passados dias 21 e 22 de Maio, reunindo 400 Atletas de...

Santana Lopes diz que CAE há 20 anos na Figueira da Foz foi “pedrada no charco”

O presidente da Câmara da Figueira da Foz considerou hoje que o Centro de Artes e Espectáculos (CAE), que faz 20 anos, representou um...

Sessão de Cinema “KM 224” no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) apresenta, dia 27 de Maio, pelas 21h30, no Auditório João César Monteiro, uma sessão de cinema com...

19º aniversário do Núcleo Museológico do Sal encerra «Maio é Museu!»

A programação cultural promovida pelo Museu Municipal Santos Rocha (MMSR), no âmbito da iniciativa da 10.ª edição de "Maio é Museu!", vai culminar nas...

Dia Nacional das Colectividades: As Mulheres no Associativismo

A Câmara da Figueira da Foz vai assinalar no sábado o Dia Nacional das Colectividades 2022, no Auditório Municipal do Museu Dr. Santos Rocha,...