Início Local Lançado concurso de 18 ME para reabilitar Ponte Edgar Cardoso

Lançado concurso de 18 ME para reabilitar Ponte Edgar Cardoso

O concurso público para reabilitar e reforçar a Ponte Edgar Cardoso foi lançado, com um investimento de 18 milhões de euros, anunciou hoje a Infraestruturas de Portugal.

Numa nota de imprensa, a empresa informa que foi publicado em Diário da República, na segunda-feira, o concurso público para a contratação da empreitada de reabilitação e reforço na Ponte Edgar Cardoso sobre o rio Mondego, situada ao quilómetro 118,108 da Estrada Nacional 109.

“Esta empreitada envolve um investimento estimado em 18 milhões de euros e um prazo de execução previsto de 720 dias”, refere a nota da Infraestruturas de Portugal, explicando que as intervenções previstas “consistem, essencialmente, na substituição integral do sistema de tirantes da ponte por um sistema de nova geração, bem como a beneficiação geral da obra”.

Nesta beneficiação estão contemplados, entre outros trabalhos, a protecção das superfícies de betão das torres e anticorrosiva da estrutura metálica do tabuleiro da ponte, a limpeza, decapagem e pintura dos guarda-corpos, incluindo reparação dos módulos danificados, a substituição do revestimento existente nos passeios e das juntas de dilatação, e a alteração do sistema de iluminação pública.

A Infraestruturas de Portugal adianta que a Ponte da Figueira da Foz, projectada pelo professor Edgar Cardoso, “foi a primeira ponte rodoviária com o tabuleiro ‘atirantado’ realizada em Portugal, tendo sido aberta ao tráfego em 1982”.

“Esta travessia sobre o rio Mondego, também conhecida como Ponte da Figueira da Foz, tem um desenvolvimento total de 1.421 metros”, esclarece.

A empresa explica que se trata de uma “ponte de tirantes (cabos de aço) que está dividida em três tramos”.

Fonte da empresa disse à agência Lusa que o lançamento deste concurso integra o programa anual de investimentos da Infraestruturas de Portugal na melhoria das infraestruturas que tutela, sendo que o investimento será realizado com capitais próprios.

“A expectativa da empresa é que a obra possa arrancar no final deste ano ou início do próximo”, afirmou a mesma fonte.

Pub

Leia também

Nova maternidade de Coimbra vai ser construída nos Hospitais da Universidade

A nova maternidade de Coimbra vai ser construída no polo dos Hospitais da Universidade, anunciou hoje o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de...

Ginásio com cinco victórias na regata internacional de Sevilha

A 4ª edição da “Internacional Rowing Masters Regatta”, organizada pela Federação Andaluza de Remo, levou a Sevilha (Pista de la Cartuja), no fim de...

Livro “A Pandemia e o Jogo” lançado no Casino Figueira

"O jogo online foi legislado em Portugal em 2015. Tal como havia sucedido aquando da regulamentação de 1927 com os casinos, também na sua base estiveram...

Let’s Build Happiness – projecto de solidariedade

Pelo quarto ano consecutivo, a Escola Profissional da Figueira da Foz e o INTEP irão implementar o projecto de solidariedade social “Let's Build Happiness”. As...

Mar e regresso do ensino superior nas prioridades de Santana Lopes

O independente Pedro Santana Lopes tomou hoje posse como presidente da Câmara da Figueira da Foz, eleito pelo movimento “Figueira a Primeira”, e assumiu...