Início Local Infraestruturas de Portugal consigna obras de 1,2 ME na EN 109 na...

Infraestruturas de Portugal consigna obras de 1,2 ME na EN 109 na Figueira da Foz

A Infraestruturas de Portugal (IP) consignou a obra de reforço da segurança rodoviária na Estrada Nacional (EN) 109 na Figueira da Foz, que representa um investimento de 1,2 ME (milhões de euros), foi hoje anunciado.

A IP refere, em comunicado, que a intervenção se vai desenvolver entre o quilómetro 101, no limite entre os concelhos da Figueira da Foz e de Cantanhede e o quilómetro 116, no início da Variante de Tavarede.

A obra tem um prazo de execução de 300 dias e envolve a “reformulação dos vários cruzamentos existentes ao longo deste lanço com quinze quilómetros, a beneficiação do pavimento, a substituição e reforço da sinalização e equipamentos de segurança e a melhoria da capacidade de drenagem da estrada”.

“Num investimento de cerca de 1,2 milhões de euros, a concretização desta empreitada irá assegurar importantes melhorias ao nível das condições de circulação, acessibilidade e segurança da EN 109”, salienta o comunicado.

A nota refere que a IP tem vindo a executar um conjunto de intervenções de beneficiação daquela via, tendo concluído em Junho de 2021 a reabilitação do troço com cerca de 15,5 quilómetros, entre Figueira da Foz e Pombal.

As duas empreitadas representam mais de quatro milhões de euros na beneficiação de 30,5 quilómetros de via, “melhorando fortemente as condições de mobilidade e segurança dos milhares de automobilistas e peões que diariamente utilizam a EN109”, que liga Aveiro à Figueira da Foz e a Leiria.

Pub

Leia também

Suspeito de furto com mandado de detenção europeu em prisão preventiva

Um homem de nacionalidade estrangeira, suspeito do furto de equipamentos electrónicos num estabelecimento comercial da Figueira da Foz, ficou em prisão preventiva dado sobre...

Clube reproduz capa de “A Valsa dos Detectives” dos GNR para ajudar Unicef

O clube de coleccionismo de arte ‘online’ Rastro, sediado na Figueira da Foz, reproduziu em 100 serigrafias a capa do vinil “A Valsa dos...

Santana Lopes assume que não vai adquirir Cabo Mondego devido a suspeições

O presidente da Câmara da Figueira da Foz assumiu hoje que não vai adquirir o Cabo Mondego, cujo negócio estava acertado por 2,1 milhões...

Banda Os Quatro e Meia actua no fim de ano da Figueira da Foz

A festa de Fim de Ano na Figueira da Foz vai contar com o habitual espectáculo de fogo de artifício e a actuação da...

Ginásio conquista prata e bronze na regata “Aerobic Monsters”

O Clube Naval Infante D. Henrique organizou no sábado, dia 3, a Regata Internacional “Aerobic Monsters”, exclusiva para embarcações skiff, na qual participaram quatro...