Início Local Hospital da Figueira com mais 38 médicos internos

Hospital da Figueira com mais 38 médicos internos

O Hospital acolheu 38 novos médicos internos de formação geral e especializada que escolheram efectuar a sua formação na Figueira.

Este ano, face à situação pandémica, a sessão de acolhimento e boas-vindas foi restrita e dividida em dois grupos, depois de todos os médicos internos terem feito testes à covid-19 no Serviço de Medicina Laboratorial daquela unidade hospitalar.

Manuel Teixeira Veríssimo relembrou, na recepção, que “uma boa formação é a base para a profissão de um médico que nunca está totalmente formado”. O médico e presidente do conselho de administração do Hospital, referiu ainda que “a medicina é composta pela arte e pela ciência e que não se pode perder a arte de aplicar em cada doente o que se sabe, a relação médico-doente é o mais importante”.

Dos 38 médicos chegados à Figueira, 30 são de formação geral e oito de formação especializada que estão distribuídos pelas especialidades de cirurgia geral, medicina interna, ortopedia e pediatria.

Este ano, o Hospital conta com 68 médicos em formação, já que a somar aos novos internos estão mais 30 clínicos que transitaram dos anos anteriores e que se mantêm em formação naquela instituição, “o que revela um reconhecimento cada vez maior da qualidade clínica e formativa do Hospital da Figueira da Foz”.

Armanda Rebelo é uma das internas que escolheu o Hospital Distrital da Figueira da Foz para realizar a sua formação. Vinda da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Armanda é natural de Bragança e optou pela Figueira porque queria fazer a sua formação fora dos hospitais centrais, mas próximo de Coimbra onde já tem laços. A nova médica reconhece que na sua decisão pesou as referências de colegas sobre “o bom ambiente hospitalar”. Iniciou este ano, na Figueira, a formação especializada em pediatria, depois da experiência positiva do internado geral já cá realizado. Destaca que “os profissionais do Hospital da Figueira da Foz estão abertos para o ensino, para a formação e que no ano comum deram oportunidade de crescimento”. Este é um hospital familiar, em que se sente confortável e que tem boas condições de trabalho.

Pub

Leia também

Figueira: a mais procurada

O Jornal da Madeira escreveu a notícia que “a Jetcost.pt analisa regularmente as pesquisas realizadas no seu site, para que assim sejam obtidos dados mais...

Detido suspeito de provocar cinco incêndios na Figueira da Foz

A Policia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem suspeito de atear cinco incêndios florestais no concelho da Figueira da Foz. O detido...

Peça de teatro “Chovem Amores na Rua do Matador”

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) apresenta, no dia 23, pelas 22 horas, no Auditório Municipal, a peça de teatro "Chovem Amores na...

Homem colhido mortalmente por ambulância junto ao Hospital

Um homem morreu hoje na Figueira da Foz após ter sido atropelado na última madrugada quando estava caído junto ao hospital da cidade, confirmaram...

Naval Remo participou no Campeonato Regional de Velocidade

No fim-de-semana passado, teve lugar, na pista de remo de Montemor-o-Velho, o Campeonato Regional de Velocidade de Remo, em que participaram seis clubes com...