Início Local Figueira da Foz vai construir ponte ciclável com vertente rodoviária

Figueira da Foz vai construir ponte ciclável com vertente rodoviária

A Câmara da Figueira da Foz vai construir uma ponte ciclável e pedonal com uma vertente rodoviária, sobre o rio Mondego, ligando Alqueidão a Vila Verde, projecto que envolve um investimento de 3,4 milhões de euros.

O protocolo entre o município da Figueira da Foz e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), regulando a utilização das áreas que estão sob gestão da Agência, foi formalizado na quarta-feira.

A Câmara Municipal da Figueira da Foz passa a deter, com este protocolo, a gestão e manutenção das vias para concretizar este lanço da ciclovia que integra a planeada “Ciclovia do Mondego e pela Rota Costa Atlântica da Eurovelo”.

A nova ponte sobre o Mondego, que, além de pedonal e ciclável, também admitirá circulação automóvel, embora condicionada, permitirá a ligação entre as localidades de Alqueidão, na margem esquerda do Mondego, e Vila Verde, na margem direita.

José Pimenta Machado, vice-presidente do Conselho Directivo da APA, salientou, durante a sessão de formalização do protocolo, que o acordo com a Câmara da Figueira da Foz “é mais uma das iniciativas do trabalho em equipa” que a Agência quer “muito fazer com os municípios”.

O projecto permitirá a ligação a três ciclovias – a que liga Figueira da Foz a Coimbra (que por sua vez dá acesso à ciclovia do Dão) e à ciclovia entre Figueira da Foz e Montemor-o-Velho e Cantanhede e Mealhada.

A nova ponte terá uma única faixa de rodagem, com circulação alternada de automóveis, e uma faixa de ciclovia que servirá também para a circulação pedonal.

Devido a estas características, a ponte terá uma única faixa de rodagem para automóveis, com circulação alternada, mas que provocará a redução de “algum trânsito na ponte Edgar Cardoso”, aproximará populações e aumentará “a coesão do concelho e até de concelhos limítrofes, como Soure, e as acessibilidades à Figueira da Foz”, sustentou o presidente do município, Carlos Monteiro.

A ciclovia denominada “Eurovelo” vai ligar 43 países da Europa, incluindo Portugal, e no caso deste projecto na Figueira da Foz assegurará a ligação entre Cabo Mondego, Murtinheira, Praia de Quiaios, Lagoas de Quiaios, Tocha e Cantanhede.

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, refere o protocolo, já desenvolveu “o procedimento de contratação pública do projecto de execução da Eurovelo 1 e da respetiva empreitada”.

A construção da ponte sobre o Mondego na Figueira da Foz envolve um investimento da ordem dos 3,4 milhões de euros e a construção da ciclovia entre Vila Verde e Alqueidão implica um investimento de cerca de dois milhões de euros, mas o projecto é candidato a fundos europeus, sublinha a autarquia.

Pub

Leia também

Oito novos casos nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou seis casos de pessoas infectadas com covid-19 nas últimas 24h, permanecendo um total de 76 casos activos,...

Dois filmes realizados em pós-graduação na Figueira seleccionados para 25º Festival de Avanca

Dois filmes produzidos no âmbito do curso de Pós-graduação em Cinema e Audiovisuais da ESAP - Escola Superior Artística do Porto, acabam de ser seleccionados...

Seis casos nas últimas 24h – concelho com 78 casos activos

O concelho da Figueira da Foz registou seis casos de pessoas infectadas com covid-19 nas últimas 24h, permanecendo um total de 78 casos activos,...

Acidente com veículo dos Bombeiros Voluntários

A caminho de um incêndio rural no sul do concelho, uma viatura dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz teve um acidente. Segundo apurámos,...

Figueira da Foz promove registo itinerante de terrenos nas freguesias

O município da Figueira da Foz vai promover, ao longo de Agosto, a identificação e registo de terrenos nas freguesias do concelho, através de...