Início Local Figueira avança com segunda fase da requalificação do centro histórico

Figueira avança com segunda fase da requalificação do centro histórico

O município da Figueira da Foz vai avançar com a segunda fase da obra de requalificação do centro histórico da cidade, que deverá estar concluída em Junho de 2023, declarou o presidente da Câmara.

“É uma obra relevantíssima e, principalmente, o cumprimento de um dever de consciência, não deixando para o futuro o que deve ser tratado agora, porque aquelas infraestruturas, com décadas, estão carecidas de intervenção”, salientou Pedro Santana Lopes.

Segundo o autarca, a intervenção na zona da Rua dos Bombeiros Voluntários, na zona mais complexa das galerias, que estão mais carecidas de intervenção, para separação das vias de águas residuais e pluviais, fica contemplada nesta segunda fase.

“Quem me dera a mim não ter de fazer estas obras, ainda por cima numa altura em que a ponte Edgar Cardoso vai estar também condicionada”, enfatizou o presidente da Câmara, alertando para os condicionamentos de circulação na cidade.

A requalificação do núcleo histórico envolve a substituição do piso, redes de água pluviais e saneamento e intervenção nas galerias subterrâneas.

Trata-se de uma empreitada “profundíssima, numa fase com muitos trabalhos que vão ser precisos para as gerações que vivem hoje”, com uma programação temporal de oito meses.

“Se não forem estas obras, vamos estar constantemente com abate do piso e com cedências que são complicadas para a circulação e que às vezes podem ser mais graves”, disse Santana Lopes.

Salientando que “com a segurança não se brinca”, o autarca enfatizou que se a população quiser “ter a cidade a funcionar como deve ser, com água em casa, esgotos e as águas da chuva a escoarem bem, tem de compreender que estas obras têm de ser feitas”.

Após a segunda fase, o município da Figueira da Foz prevê arrancar logo com uma terceira fase, que no conjunto envolvem um investimento na ordem dos cinco milhões de euros.

Pub

Leia também

Jornadas sobre a gaguez na Figueira

No dia 22 de Outubro realizam-se na Figueira da Foz as Jornadas 2.0, um evento de debate e reflexão organizado pela Associação Portuguesa de...

Isaías Cardoso faria hoje 100 anos

José Isaías Cardoso nasceu na freguesia de Alhadas a 30 de Setembro de 1922. Faria hoje 100 anos! Formou-se em arquitectura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto, em...

TESTA Group adquire Sorefoz

O Grupo Testa, de Mortágua, comprou 80 por cento das acções da Sorefoz. “Acreditamos que a Sorefoz vai continuar a inovar e a crescer...

Santana Lopes perspectiva ano económico “muito difícil” em 2023

O presidente da Câmara da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, perspectivou hoje um ano económico “muito difícil” para 2023 devido ao constante aumento...

Combate à erosão costeira na Figueira da Foz deverá ser iniciado em Outubro

A transposição de 100 mil metros cúbicos de areia na área costeira da Figueira da Foz para reforço do cordão dunar, prevista inicialmente para...