Início Espectáculo Festival de tunas volta sábado à Figueira da Foz mesmo sem existir...

Festival de tunas volta sábado à Figueira da Foz mesmo sem existir ensino superior

O Festival Internacional de Tunas Universitárias da Figueira da Foz (FITUFF) regressa sábado, depois de dois anos de interregno causados pela pandemia de covid-19, a uma cidade que não tem ensino superior há mais de uma década.

Na 17ª edição do FITUFF, hoje apresentada e promovida pela Bruna – Tuna Universitária da Figueira da Foz, estarão, a concurso, a Estudantina Universitária dos Açores, Tuna Universitária de Aveiro, Luz&Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa e a Tuna de Empresariales de Jerez de la Frontera (Espanha). Extraconcurso actua a Tuna Feminina da Universidade de Salamanca, igualmente de Espanha, num total de cerca de 300 jovens participantes.

O festival, que se realiza anualmente na Figueira da Foz e apenas foi interrompido pela pandemia de covid-19, “é já, reconhecidamente, um marco cultural da cidade, da região e de todo o meio académico”, sustenta a Bruna, numa nota enviada à agência Lusa.

Embora o município – que chegou a ter polos das universidades Católica e Internacional – presentemente não possua ensino superior universitário, tem na Bruna, há 29 anos (desde 1993, ano em que foi fundada) “um bastião resiliente, cheio de vitalidade e energia de perpetuar o espírito académico na Figueira da Foz”, acrescenta o comunicado.

O espectáculo principal do festival realiza-se na noite de sábado, a partir das 21h30, no Casino Figueira, com bilhetes a cinco euros, mas antes, durante a tarde, com início marcado para as 16 horas, a novidade passa pela realização de uma serenata, de acesso gratuito, no novo coreto do renovado Jardim Municipal, na baixa da cidade.

“Desta vez fizemos a opção de fazer a serenata no coreto, para, de alguma maneira, ser uma serenata um bocadinho mais formal e estar no programa para permitir o máximo de afluência possível, quer de figueirenses, que de pessoas que estejam a visitar a Figueira neste fim de semana prolongado”, disse à agência Lusa Paulo Santarém, responsável da Bruna.

Paulo Santarém destacou, por outro lado, a “emoção” com que a Tuna Universitária da Figueira da Foz regressa “ao Casino e ao festival, depois destes dois anos de paragem”, referindo que com a pandemia de covid-19 existiram “rotinas que foram quebradas”.

“Felizmente, conseguimos retomar de uma forma natural, o que permite que continue a haver tuna e continue a haver festival, que é o mais importante. E ir para uma sala de espectáculos, novamente com público, ainda que haja alguns resquícios da covid-19 porque ainda se mantém o uso de máscaras (de protecção), dá este sinal de continuidade e de regresso à normalidade”, frisou o responsável da Tuna Universitária da Figueira da Foz.

Questionado sobre a manutenção da tuna ao longo destes 29 anos, Paulo Santarém sublinhou que tal se deve à “perseverança e resiliência do grupo, enquanto grupo de amigos, e à vontade de manter viva a chama e a tradição” académica.

“Apesar da Figueira da Foz já não ter ou ainda não ter Universidade (numa alusão ao possível regresso do ensino superior, uma intenção que a Câmara Municipal quer concretizar com a Universidade de Coimbra), achamos que faz todo o sentido que a tuna se mantenha. E que até permita que jovens que sejam da Figueira, mesmo que estejam a estudar fora, possam integrar este projecto”, sustentou.

Pub

Leia também

Homem em prisão preventiva após violar medidas de coacção

Um homem de 25 anos ficou em prisão preventiva após ter violado a sua medida de coacção em Agosto, afirmou o Ministério Público de...

Tiago Bettencourt apresenta espectáculo com Orquestra Clássica do Centro

O Centro de Artes e Espectáculos (CAE) vai dinamizar um concerto, dia 1 de Outubro, do músico Tiago Bettencourt com a Orquestra Clássica do...

Investigadores de Coimbra ‘preparam’ refeições à base de algas da Figueira da Foz

Algas existentes nos penedos da praia da Tamargueira, em Buarcos, estão na base de um projecto que inclui sopas, pratos salgados e sobremesas, coordenado...

Embarcação a duas milhas da Figueira pede auxílio

Dois tripulantes de embarcações salva-vidas auxiliaram hoje, de madrugada, uma embarcação de recreio “que se encontrava sem propulsão, nas imediações da entrada da barra...

“Casa Aberta” no Posto de Vacinação do Quartel

O Centro de Vacinação Covid-19, em funcionamento no Quartel da GNR, já se encontra de volta ao activo sob o regime de "Casa Aberta"....