Início Educação Covid-19: Congresso com 800 professores na Figueira da Foz adiado para Outubro

Covid-19: Congresso com 800 professores na Figueira da Foz adiado para Outubro

0
1257

A organização de um congresso internacional de professores agendado para sexta-feira e sábado na Figueira da Foz, anunciou hoje o adiamento do evento para Outubro, face à situação nacional do coronavírus.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, o Centro de Formação da Associação de Escolas (CFAE) Beira Mar, que reúne estabelecimentos de ensino dos concelhos da Figueira da Foz, Mira, Cantanhede e Montemor-o-Velho, afirma que não estão reunidas as condições para promover o congresso nas datas previstas, face à ameaça nacional da Covid- 19.

“Atendendo às informações da Direcção-Geral da Saúde (DGS relativas ao assunto ‘COVID-19: Recomendações para eventos públicos e eventos de massas’, e depois de cuidada ponderação, entende o CFAE Beira Mar não estarem reunidas as condições para a realização, nos dias 13 e 14 de Março, do Congresso “Desafios?”, refere o comunicado.

No entanto, “tendo em conta a relevância do evento”, previsto para o Centro de Artes e Espectáculos (CAE) local e que esperava a participação de cerca de 800 professores de todo os país e dois oradores internacionais, o congresso foi recalendarizado para 16 e 17 de Outubro – daqui a sensivelmente sete meses – “mantendo toda a estrutura e programa”, assinala a organização.

Ouvido pela Lusa antes de uma reunião prevista para hoje entre a Câmara Municipal, um dos principais apoiantes do congresso e a organização deste, o vereador com os pelouros da Educação e da Cultura, Nuno Gonçalves, admitia a possibilidade do congresso vir a ser adiado ou cancelado, mas enfatizava que a decisão final cabia à organização.

O vereador argumentou que o município em conjunto com o CFAE, dirigido por Teotónio Cavaco, vinha a fazer “diariamente” avaliações da evolução do coronavírus a nível nacional, bem como das orientações públicas da DGS e do Governo, no sentido de ser tomada uma decisão.

“Este congresso tem características especiais, porque sendo os professores o seu público-alvo podem ser reprodutores de risco. E há escolas em concreto que estão a ser alvo de um risco evidente”, argumentou Nuno Gonçalves.

Para além da Câmara Municipal, o congresso “Desafios?” conta com o apoio da Direcção-Geral da Educação e a participação anunciada do secretario de Estado Adjunto e da Educação, João Costa, e de representantes de outras entidades como a Direcção-Geral da Administração Escolar ou o Conselho Nacional de Educação.

Já hoje, a Câmara Municipal anunciou o cancelamento da cerimónia do 155.º aniversário dos Bombeiros Sapadores da Figueira da Foz, agendada para quarta-feira, “de forma a preservar e manter a operacionalidade de todos os elementos” da corporação.

Nos últimos dias foi cancelada no concelho da Figueira da Foz a feira medieval Infante Dom Pedro, prevista para 02 a 12 de Abril e organizada pela junta de freguesia de Buarcos e São Julião.

SEM COMENTÁRIOS