Início Local Arménio Marques morreu há 20 anos

Arménio Marques morreu há 20 anos

Nascido a 20 de Setembro de 1924, na freguesia de Figueira de Lorvão, mais precisamente em Póvoa, Arménio Marques foi ordenado sacerdote em 1957. Arménio Marques esteve à frente dos destinos da Igreja católica figueirense durante 33 anos, sucedendo a José Lourenço dos Santos Palrinhas. A simpatia e trato de invejável sinceridade marcaram sempre a presença de Arménio Marques como padre da Figueira. Arménio Marques, atormentado pela doença, morre, aos 74 anos, no Dia Mundial da Paz do último ano do século XX.

D. João Alves, então bispo da Diocese de Coimbra e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, entre outros padres, prestam o último tributo ao sacerdote que ostenta o seu nome no velho Largo da Igreja.

Foto: Arménio Marques com uma turma do antigo Patronato de S. Miguel

Pub

Leia também

Mostra de artesanato urbano de verão com inscrições abertas

Durante os meses de Junho, Julho e Agosto, a mostra de Artesanato Urbano de Verão 2021 vai decorrer no Bairro Novo e no Parque...

Conquista do 19.º campeonato do Sporting foi celebrada na Figueira

A época do Sporting “só podia acabar com muito sofrimento e um golo do Paulinho”, disse ontem à noite o treinador do clube, Ruben...

12 novos casos nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou hoje 12 novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Figueira da Foz recebe cerimónia nacional de entrega do Selo Protector Biénio

Amanhã, pelas 14h15, o Centro de Artes e Espectáculos vai acolher a Cerimónia Nacional de entrega do Selo Protector para o Biénio de 2020-21....

Preparavam-se para roubar

Ontem pelas 3h30 a PSP da Figueira da Foz deteve um homem e uma mulher de 42 e 35 anos, respectivamente, "por terem sido...