Início Economia Governo quer “continuar a apoiar a fileira do pescado”

Governo quer “continuar a apoiar a fileira do pescado”

A ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, assegurou hoje que o Governo quer continuar a apoiar a fileira do pescado que é responsável por mais de 1.000 milhões de euros de exportações.

“Nós queremos continuar a investir neste sector”, afirmou a responsável governamental pelo sector das Pescas, acrescentando que será dado “o apoio necessário para que se continue a desenvolver”.

Maria do Céu Antunes indicou que “o objectivo é valorizar toda a fileira do pescado”. Segundo números divulgados esta semana, o total de vendas nos portos e lotas do continente nos primeiros seis meses do ano evoluiu 99,1 milhões de euros (41,2 toneladas) em 2019 para 84 milhões (33,0 toneladas) em 2020, 104,4 milhões (37,1) em 2021 e 120,6 milhões (38,2) em 2022.

A ministra também se congratulou por o total das vendas nos portos e lotas nacionais terem alcançado os 251,8 milhões de euros em 2021, um valor mais elevado que os 212,4 milhões de 2019, ano anterior ao do início da pandemia de covid-19.

A responsável governamental considerou ser “fundamental” que Portugal tenha toda a cadeia de pescado “a funcionar”, para poder “acrescentar valor a um sector “importante, tradicional e inovador. Estamos aqui para incentivarmos os pescadores e os que investem na aquacultura”, insistiu a ministra da Agricultura e da Alimentação.

A governante definiu a aquacultura como um “objectivo e prioridade”, nomeadamente para “incentivar a pesca sustentável”. Maria do Céu Antunes definiu como objectivo para o subsetor da aquacultura a passagem de uma produção de 17 mil toneladas em 2020 para as 25 mil toneladas em 2026.

Pub

Leia também

Jornadas sobre a gaguez na Figueira

No dia 22 de Outubro realizam-se na Figueira da Foz as Jornadas 2.0, um evento de debate e reflexão organizado pela Associação Portuguesa de...

Isaías Cardoso faria hoje 100 anos

José Isaías Cardoso nasceu na freguesia de Alhadas a 30 de Setembro de 1922. Faria hoje 100 anos! Formou-se em arquitectura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto, em...

TESTA Group adquire Sorefoz

O Grupo Testa, de Mortágua, comprou 80 por cento das acções da Sorefoz. “Acreditamos que a Sorefoz vai continuar a inovar e a crescer...

Santana Lopes perspectiva ano económico “muito difícil” em 2023

O presidente da Câmara da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, perspectivou hoje um ano económico “muito difícil” para 2023 devido ao constante aumento...

Combate à erosão costeira na Figueira da Foz deverá ser iniciado em Outubro

A transposição de 100 mil metros cúbicos de areia na área costeira da Figueira da Foz para reforço do cordão dunar, prevista inicialmente para...