Início Cultura Britânicos The Monochrome Set atuam em Coimbra em dezembro

Britânicos The Monochrome Set atuam em Coimbra em dezembro

A editora Lux Records traz a Coimbra, a 14 de dezembro, os britânicos The Monochrome Set, que descreve como “uma das bandas marcantes do movimento ‘new wave'”.

O concerto, que vai decorrer no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), insere-se na iniciativa da editora de Coimbra “A Date With Lux”, trazendo desta feita a Portugal os The Monochrome Set, banda londrina formada em 1978 e que no ano passado lançou o seu 14.º álbum de originais, “Maisieworld”, anunciou a Lux Records, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Os The Monochrome Set lançaram os primeiros ‘singles’ pela editora Rough Trade, em 1979, tendo editado em 1982 o álbum “Eligible Bachelors”, terceiro álbum da banda e “um daqueles clássicos que urge descobrir”, com canções que resistem “ao filtro do tempo”, salienta a editora.

Com vários discos editados nos anos 1980 e 1990, os Monochrome Set reuniram-se, depois de um hiato, em 2008 para celebrar o 30.º aniversário da banda, concerto que foi o mote para cinco novos álbuns de originais, entre 2012 e 2018.

De acordo com a Lux Records, já este ano a banda lançou um novo ‘single’ de originais, intitulado “Fabula Mendax”, com o selo da editora germânica Tapete Records.

Em Portugal, a banda apresenta-se com Bid (voz e guitarra), que se mantém desde a formação original, Andy Warren (baixo), que participa na banda desde os anos 1980, Mike Urban (bateria) e John Paul Moran (teclas), que se juntaram ao grupo londrino recentemente.

Num artigo do jornal britânico The Guardian, o jornalista John Robb recordava a influência que os Monochrome Set tiveram em bandas como os The Smiths, sendo um dos grupos favoritos de Morrissey e Johnny Marr, ou dos mais recentes Franz Ferdinand, considerando-a a banda “que a História esqueceu”, ofuscada na altura por outras formações do pós-punk.

No concerto em Coimbra, a primeira parte será da responsabilidade dos portugueses Tricycles, banda da Lux Records, constituída por João Taborda e João Almeida.

Leia também

Júlio Isidro é atribuído com a Medalha de Mérito Cultural

O governo atribuiu a Júlio Isidro, homenageado amante incondicional da Figueira da Foz, de Buarcos em particular, a Medalha de Mérito Cultural que tem...

Sociedade de Instrução Tavaredense apresenta “Música no Coração” no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz vai receber a Sociedade de Instrução Tavaredense para apresentar o musical “Música...

Região de Coimbra espera implementar Sistema Inter-municipal de Transportes em 2021

O Sistema de Transportes para a Região de Coimbra deve estar implementado no final de 2021, afirmou hoje fonte da Comunidade Inter-municipal...

Um detido e cinco arguidos após agressões na Figueira da Foz

A divisão policial da Figueira da Foz, com o apoio do destacamento da GNR de Montemor-o-Velho, deteve um homem e constituiu cinco...

Elsa e Fabien: levantamento inicial aponta prejuízos de 13ME na CIM Região de Coimbra

O primeiro levantamento dos estragos provocados pelo mau tempo na área da Comunidade Inter-municipal (CIM) da Região de Coimbra, em Dezembro, aponta...