Início Cultura Britânicos The Monochrome Set atuam em Coimbra em dezembro

Britânicos The Monochrome Set atuam em Coimbra em dezembro

A editora Lux Records traz a Coimbra, a 14 de dezembro, os britânicos The Monochrome Set, que descreve como “uma das bandas marcantes do movimento ‘new wave'”.

O concerto, que vai decorrer no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), insere-se na iniciativa da editora de Coimbra “A Date With Lux”, trazendo desta feita a Portugal os The Monochrome Set, banda londrina formada em 1978 e que no ano passado lançou o seu 14.º álbum de originais, “Maisieworld”, anunciou a Lux Records, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Os The Monochrome Set lançaram os primeiros ‘singles’ pela editora Rough Trade, em 1979, tendo editado em 1982 o álbum “Eligible Bachelors”, terceiro álbum da banda e “um daqueles clássicos que urge descobrir”, com canções que resistem “ao filtro do tempo”, salienta a editora.

Com vários discos editados nos anos 1980 e 1990, os Monochrome Set reuniram-se, depois de um hiato, em 2008 para celebrar o 30.º aniversário da banda, concerto que foi o mote para cinco novos álbuns de originais, entre 2012 e 2018.

De acordo com a Lux Records, já este ano a banda lançou um novo ‘single’ de originais, intitulado “Fabula Mendax”, com o selo da editora germânica Tapete Records.

Em Portugal, a banda apresenta-se com Bid (voz e guitarra), que se mantém desde a formação original, Andy Warren (baixo), que participa na banda desde os anos 1980, Mike Urban (bateria) e John Paul Moran (teclas), que se juntaram ao grupo londrino recentemente.

Num artigo do jornal britânico The Guardian, o jornalista John Robb recordava a influência que os Monochrome Set tiveram em bandas como os The Smiths, sendo um dos grupos favoritos de Morrissey e Johnny Marr, ou dos mais recentes Franz Ferdinand, considerando-a a banda “que a História esqueceu”, ofuscada na altura por outras formações do pós-punk.

No concerto em Coimbra, a primeira parte será da responsabilidade dos portugueses Tricycles, banda da Lux Records, constituída por João Taborda e João Almeida.

Pub

Leia também

Covid-19: DGS alerta para uso indevido de luvas porque pode potenciar contágio

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) considerou hoje que o uso de luvas na rua pode ser “contraproducente e dar uma falsa sensação...

Distrito de Coimbra sob aviso amarelo devido à chuva

O distrito de Coimbra está sob aviso amarelo até às 21h de hoje, devido à previsão de chuva que poderá ser forte,...

Tempo de Páscoa diferente

Buarcos, com largas tradições religiosas na Quaresma, suspendeu as cerimónias habituais como as procissões da Semana Santa, mas mantém vivo o espírito...

Covid-19: Pandemia alterou consumos de álcool e drogas para quase um terço de jovens

Perto de um terço dos jovens portugueses (62,4%) acredita que a pandemia de covid-19 contribuiu para a alteração de consumo de álcool...

Covid-19: Comerciantes dos mercados da Figueira da Foz com entregas ao domicílio

A Câmara da Figueira da Foz disponibilizou o contacto de 30 comerciantes dos dois mercados municipais, que continuam abertos, para que as...