Início Regional Região Centro mantém coberturas elevadas de vacinação

Região Centro mantém coberturas elevadas de vacinação

A vacinação na região Centro mantém coberturas elevadas, com percentagem entre os 98 e 99%, anunciou hoje a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), após conhecer os resultados do Plano Nacional de Vacinação (PNV) de 2019.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a ARSC realça que, no ano passado, as coberturas vacinais foram elevadas nos grupos avaliados, tendo sido administradas 270.322 vacinas nas unidades funcionais dos agrupamentos de centros de saúde e nas unidades locais de saúde de Castelo Branco e Guarda.

“De uma maneira geral, as coberturas vacinais na infância são elevadas. No âmbito da estratégia de vacinação do BCG, dirigida a grupos de risco, foram vacinadas 1.996 crianças com idade inferior a seis anos (idade recomendada), tendo o processo decorrido em 24 pontos de vacinação”, destaca a nota.

Segundo a ARSC, as actividades desenvolvidas pelas unidades de saúde da região Centro em 2019 permitiram alcançar resultados que “só foram possíveis com a sensibilização e o envolvimento continuado de todos os profissionais de saúde que trabalham nesta área”.

Os resultados “revelam terem sido atingidos os níveis necessários para conferir imunidade de grupo e para cumprir os objectivos dos programas prioritários de erradicação da poliomielite e de eliminação do sarampo e da rubéola, na componente da vacinação”.

“A vacinação, que constitui o maior avanço da medicina moderna, permite o bem-estar da população, previne doenças, contribui para um envelhecimento saudável, previne vários tipos de cancro e reduz a ameaça da resistência aos antibióticos”, sublinha o comunicado.

Em Portugal, de acordo com a ARSC, a vacinação permitiu eliminar doenças como a difteria, a poliomielite, o sarampo e a rubéola, bem como controlar muitas formas de meningite, a tosse convulsa e a papeira, entre outras.

“Num contexto de pandemia de covid-19, é ainda mais importante relembrar a importância da vacinação recomendada no PNV”, frisa o organismo regional.

Pub

Leia também

Acidentes rodoviários marcaram ontem a Figueira

Ontem de manhã, mais precisamente às 10h15, aconteceu um embate traseiro, sem consequências para os condutores na avenida D. Pedro. Às 15h30,...

DGS garante que dados em Portugal são fiáveis

A directora-geral da Saúde garantiu hoje que os dados sobre o número de casos de covid-19 em Portugal são fiáveis, observando que...

Não portugueses e estrangeiros sem residência têm de pagar teste em Portugal

Os cidadãos não portugueses ou estrangeiros sem residência em Portugal que não tenham teste negativo à covid-19 à chegada têm de o...

Coliseu Figueirense com plano de animação de verão

Entre Julho e Agosto estão previstos vários concertos musicais no redondel do Coliseu Figueirense. No ano que assinala 125 anos, o recinto...

Fogo na sede da Naval foi há 23 anos

Foi no dia 4 de Julho de 1997, que a Associação Naval 1.º de Maio viu o fogo destruir a sua sede,...