Início Regional Ministra da Saúde diz que chegada das primeiras vacinas renova a esperança

Ministra da Saúde diz que chegada das primeiras vacinas renova a esperança

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse que a chegada a Portugal do primeiro lote das vacinas contra a covid-19 marca o início de “uma nova esperança” para vencer a pandemia.

“Abre-se uma nova esperança e uma perspetiva nova”, declarou Marta Temido à agência Lusa, nas instalações do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH) onde as vacinas foram acondicionadas, em Arazede, freguesia do concelho de Montemor-o-Velho.

Na sua opinião, o momento que o país está a viver, com a distribuição das primeiras vacinas pelas empresas farmacêuticas, em Portugal e um pouco por todo o mundo, “simboliza também o que é a capacidade da ciência de ajudar a resolver problemas novos”.

“O inverno ainda mal começou”, afirmou, mas também “o trabalho ainda agora começou” no que respeita ao plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal, cujos procedimentos serão reforçados à medida que chegarem os próximos de lotes.

Para Marta Temido, o Governo, os profissionais de saúde e os portugueses em geral “arrancam para 2021 com esperança e energia redobrada” face à necessidade de dar resposta ao “muito que importa fazer” no contexto da luta contra a pandemia da covid-19.

A ministra da Saúde enalteceu o trabalho realizado, desde que o novo coronavírus foi detetado em Portugal, no início de Março, frisando que o Governo contou com o empenho dos profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), entre outras áreas da administração pública, para “enfrentar uma doença que não era conhecida”.

“Este foi um ano extraordinariamente difícil e duro para a maioria de nós”, sublinhou, nas declarações à Lusa, no interior das instalações do SUCH.

Por outro lado, a generalidade dos cidadãos e instituições portuguesas soube “cumprir regras novas” face à situação de emergência que atinge o país e o mundo.

“Mas estamos agora mais bem preparados”, salientou Marta Temido, que partilhava um sentimento de notória satisfação com a comitiva civil, além de dezenas de elementos das forças de segurança, com destaque para a GNR, e alguns responsáveis das Forças Armadas.

Entretanto, disse, o Governo vai “alargar o programa de vacinação” dos profissionais do SNS nos principais hospitais públicos.

Além do lote de 9.750 vacinas que chegou hoje a Portugal, através de Vilar Formoso, na fronteira com Espanha, foi antecipada a entrega de mais 70.200 doses, que deverão chegar na segunda-feira.

“Tivemos essa boa notícia antes do Natal”, congratulou-se Marta Temido, ao indicar que este reforço vai também permitir a vacinação dos trabalhadores de saúde nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

A ministra da Saúde elogiou o trabalho dos profissionais do Estado, designadamente das áreas da defesa, segurança e saúde, para que o primeiro lote pudesse ser hoje acolhido, na região Centro, no município de Montemor-o-Velho.

Escoltada por forças de segurança, a viatura refrigerada que transportou as vacinas, duas caixas com um peso total de 41 quilogramas, entrou no perímetro da unidade de armazenamento cerca das 09:45.

O processo de abertura da carrinha, que estava selada, e de acomodação das vacinas foi assegurado por trabalhadores do SUCH e outros responsáveis, acompanhados pela ministra da Saúde.

A campanha de vacinação contra a covid-19 arranca no domingo em Portugal.

À semelhança de outros países da União Europeia, a vacina é facultativa, gratuita e universal, sendo assegurada pelo SNS.

Na segunda-feira, a Comissão Europeia autorizou a colocação no mercado da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech, horas após a Agência Europeia do Medicamento (EMA) ter dado o seu parecer científico favorável.

Pub

Leia também

Oito novos casos nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou seis casos de pessoas infectadas com covid-19 nas últimas 24h, permanecendo um total de 76 casos activos,...

Dois filmes realizados em pós-graduação na Figueira seleccionados para 25º Festival de Avanca

Dois filmes produzidos no âmbito do curso de Pós-graduação em Cinema e Audiovisuais da ESAP - Escola Superior Artística do Porto, acabam de ser seleccionados...

Seis casos nas últimas 24h – concelho com 78 casos activos

O concelho da Figueira da Foz registou seis casos de pessoas infectadas com covid-19 nas últimas 24h, permanecendo um total de 78 casos activos,...

Acidente com veículo dos Bombeiros Voluntários

A caminho de um incêndio rural no sul do concelho, uma viatura dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz teve um acidente. Segundo apurámos,...

Figueira da Foz promove registo itinerante de terrenos nas freguesias

O município da Figueira da Foz vai promover, ao longo de Agosto, a identificação e registo de terrenos nas freguesias do concelho, através de...