Início Cultura “Generalidade das actividades retoma o funcionamento” – Comunicado do Conselho de Ministros

“Generalidade das actividades retoma o funcionamento” – Comunicado do Conselho de Ministros

Segundo um comunicado do Conselho de Ministros, foi aprovada hoje a resolução que prorroga a declaração de situação de calamidade até às 23h59 do próximo dia 14 de Junho, prolongando o processo de desconfinamento sem colocar em causa a evolução da situação epidemiológica em Portugal.

No entanto, apesar de se manter a situação de calamidade em Portugal, em vigor desde 3 de Maio, foram também estabelecidas algumas alterações, com entrada em vigor no dia 1 de Junho.

Entre as medidas declaradas por este comunicado, a informação de que se “deixa de se estabelecer o dever cívico de recolhimento” estava neste incluída, assim como o fim da obrigatoriedade do tele-trabalho e o retomar de funcionamento da generalidade das actividades, “mediante a aplicação de determinadas condições e o respeito pelas orientações definidas pela DGS para o sector”. Debaixo desta regra estão incluídos auditórios, cinemas, teatros e salas de concertos, piscinas cobertas e descobertas, ginásios e academias, casinos, serviços de tatuagem e similares.

Relativamente a eventos, passa a ser permitida a realização de celebrações com aglomerações até 20 pessoas, devendo a DGS determinar as orientações, designadamente a lotação das cerimónias religiosas, dos eventos de natureza familiar (incluindo casamentos e batizados, quer quanto às cerimónias civis ou religiosas, quer quanto aos demais eventos comemorativos) e dos eventos de natureza corporativa realizados em espaços adequados para o efeito;

Nos estabelecimentos de restauração e similares deixa de haver limitação de lotação, caso sejam instaladas barreiras de separação (como acrílico) entre clientes que se encontrem frente a frente e a distância entre as mesas seja de 1,5m.

As áreas de consumo de comidas e bebidas (food-courts) dos conjuntos comerciais deixam de estar encerradas, sendo também anunciado o “fim da suspensão de funcionamento das lojas com área superior a 400m2 ou inseridas em centros comerciais”.

Foi também referida a possibilidade de reabertura de ginásios e academias, mediante as normas e orientações definidas pela DGS para o sector.

Quanto aos bares e discotecas, continua sem haver uma previsão para a reabertura.

Pub

Leia também

GNR vai estar atenta aos ajuntamentos e consumo de álcool na via pública

A GNR alertou hoje para o novo regime de contra-ordenações associado às situações de calamidade, contingência e alerta devido à covid-19, avançando...

Rotary Club da Figueira da Foz com novo Conselho Director

O Rotary Club da Figueira da Foz realiza amanhã, dia 2 de Julho, a cerimónia de Transmissão de Mandatos empossando o Conselho Director para...

Freixo de Santo António aproveitado para fazer esculturas em exposição no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos apresenta, no seu jardim principal, uma exposição de esculturas de vários santos construídos com a madeira...

Docapesca melhora segurança do porto de pesca da Figueira

A Docapesca lançou um concurso para a implantação de portaria e de vedação no Porto de Pesca da Figueira da Foz com...

Três incêndios nas Alhadas foram apagados

Cerca das 19h50 de ontem, domingo, deflagraram três incêndios, em simultâneo, na freguesia das Alhadas, em mato e floresta, consumindo 2.500 m2...