Início Regional Cantanhede requalifica com 358 mil euros parque desportivo na Praia da Tocha

Cantanhede requalifica com 358 mil euros parque desportivo na Praia da Tocha

A Câmara de Cantanhede vai investir mais de 358 mil euros para requalificar o Parque Desportivo da Praia da Tocha, obra cuja adjudicação já foi formalizada, revelou hoje a autarquia.

O parque necessitava de “intervenção”, reconhece a presidente do município de Cantanhede, Helena Teodósio, referindo que o investimento “incide na modernização das condições técnicas para a prática de vários desportos e na valorização paisagística da zona de implantação”.

Para reforçar a atractividade turística do parque, a autarca acredita que é necessária a “qualificação da oferta de equipamentos para ocupação do tempo de lazer”, que se consegue com esta empreitada, que fará do recinto “um produto turístico estruturado com maior valor acrescentado”.

De acordo o presidente da Junta de Freguesia da Tocha, Fernando Pais Alves, a requalificação Parque Desportivo da Praia da Tocha “representa um passo importante na consolidação dos factores que têm tornado a Praia da Tocha como destino de férias cada vez mais apreciado”.

A empreitada, que tem um prazo de execução de 120 dias, contempla a “ampliação do campo de futebol de sete”, bem como “a substituição integral da relva sintética, que será reaproveitada para o recinto desportivo da Escola EB 2,3 João Bacelar”, na vila da Tocha, adianta o município, em nota de imprensa.

Serão construídos dois campos de padel no espaço do campo de ténis existente e restauradas as instalações e os equipamentos de apoio, o passadiço e a bancada.

A obra terá em conta a “criação de condições de conservação dos elementos de valor arquitectónico, estético e construtivo, para a remodelação e valorização da zona verde e das áreas de acesso e circulação”, acrescenta o comunicado.

Nesta empreitada o município de Cantanhede procura que a obra cumpra a “função urbana estruturante e apostando numa simplicidade formal”, de modo a não provocar impactes visuais e ambientais negativos.

Pub

Leia também

Câmara da Figueira da Foz diz que “clima de insegurança” em zona de bares “não pode continuar”

A Câmara Municipal da Figueira da Foz considera que “o clima de insegurança” numa zona de bares da cidade onde hoje de madrugada se...

PSP investiga tiroteio e agressões na madrugada de hoje na Figueira da Foz

A PSP da Figueira da Foz está a investigar um tiroteio, ocorrido na madrugada de hoje, cerca das 3 horas, na zona turística do...

“O planeta está a aquecer e a principal responsabilidade é nossa”, apela Carlos Fiolhais

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra promoveu esta semana uma palestra online sob o tema das alterações climáticas, integrada no ciclo de conferências...

Ilustrações de Marta Monteiro no CAE até Dezembro

A ilustração da artista plástica Marta Monteiro estará em exposição no Centro de Artes e Espectáculos até dia 12 de Dezembro, em mais uma...

“Onde nos levará a Genética?” – palestra Rotary

A investigadora figueirense Sílvia Curado vai estar em directo hoje, a partir de Nova Iorque, com o Rotary Club da Figueira da Foz, numa...