Início Local Santana Lopes disponível para entregar pelouros a vereadores da oposição

Santana Lopes disponível para entregar pelouros a vereadores da oposição

O presidente da Câmara da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, disse que está disponível para entregar pelouros aos vereadores da oposição (PS e PSD), que estão em maioria no executivo municipal.

“Mantenho o que disse na noite da eleição: estou aberto a entregar pelouros a qualquer vereador da oposição”, referiu o autarca aos jornalistas, no final da primeira sessão de Câmara do novo mandato, em que foram aprovadas, por unanimidade, a distribuição de funções pelos eleitos do movimento “Figueira a Primeira”.

Santana Lopes adiantou que já foram efectuados contactos com o único vereador do PSD e com o antigo presidente da Câmara, agora líder da bancada do PS, que, em declarações aos jornalistas disse não ter sido contactado formalmente nesse sentido e que não está “politicamente disponível” para aceitar pelouros.

Para Carlos Monteiro, que vai retomar a sua actividade profissional de docente, o PS “não vai obstacularizar a actual governação e terá sempre uma posição construtiva” em prol do desenvolvimento da Figueira da Foz“.

O ex-presidente da Câmara, que esteve no cargo cerca de dois anos e meio, após a saída de João Ataíde para o Governo, considera que quem ganha deve governar”.

O vereador do PSD, Ricardo Silva, não quis prestar declarações aos jornalistas.

De acordo com a deliberação de hoje, o presidente da Câmara da Figueira da Foz vai assumir os pelouros do planeamento, ordenamento do território, urbanismo, projectos e obras estruturantes, ambiente, cultura, desporto, juventude, turismo e desenvolvimento económico, protecção civil e bombeiros, serviços de tecnologias de informação e comunicação e assuntos jurídicos e contencioso.

Além do presidente Santana Lopes, o município vai funcionar com mais três vereadores a tempo inteiro – Anabela Tabaçó, Olga Brás e Manuel Domingues, não tendo, para já, definido quem fica na vice-presidência.

“Não está previsto neste momento pensar nisso. Quero deixar andar os acontecimentos”, disse o autarca aos jornalistas, salientando que “não faz parte” das suas prioridades.

As reuniões do município da Figueira da Foz vão decorrer às primeiras e terceiras quartas-feiras de cada mês, a partir das 10h30, aberta à participação do público na última sessão de cada mês.

Pub

Leia também

Dia Internacional dos Museus comemorado no Museu Municipal

Amanhã, dia 18 de Maio, o Município da Figueira da Foz assinala o Dia Internacional dos Museus que tem como mote "O Poder dos...

Ginásio participou na 16.ª edição da Regata Internacional Litocar

A 16ª edição da Regata Internacional Litocar reuniu no passado fim de semana, na Pista de Montemor-o-Velho, 490 tripulações representando 18 clubes, entre os...

Figueira acolhe 1.º Encontro Nacional de Urban Skechers

A Figueira da Foz acolhe, de 10 a 12 de Junho, o I Encontro Nacional de Urban Skechers (desenho urbano), organizado pela Urban Sketches...

Torneios de ténis de mesa na João de Barros

A Escola de Ensino Básico 2.º e 3.º Ciclos Dr. João de Barros realizou, na semana passada, os Torneios Finais (internos) de Ténis de...

Lusiaves coopera com escola

A Escola Profissional de Aveiro e o Grupo Lusiaves assinaram um protocolo de cooperação com vista ao desenvolvimento de formação profissional para um perfil...