Início Cultura RFM SOMNII na Figueira da Foz até 2024

RFM SOMNII na Figueira da Foz até 2024

Esta manhã de terça-feira, na Câmara Municipal da Figueira da Foz, decorreu a Conferência de Imprensa de apresentação da 7ª edição do RFM SOMNII, com a presença de Carlos Monteiro, presidente da Câmara Municipal, Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal e Marco Azevedo, diretor do festival.

Desde 2012, em julho, a Figueira da Foz transforma-se numa cidade festival e assim será até 2024, anunciou hoje o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Carlos Monteiro.

Este ano, nos dias 5, 6 e 7 o RFM SOMNII vai trazer milhares de pessoas à praia do Relógio. Do programa constam 7 palcos, 34 artistas e 84 atuações. 
Este ano, uma das novidades é o facto da festa se espalhar pela cidade: na Esquina do Casino, na Escadaria do Edifício Portugal, na Torre do Relógio, na Esplanada Silva Guimarães, na Praça Afonso de Albuquerque e em arruadas.
“Ano após ano temos melhorado. Vamos trazer o evento para as ruas do Bairro Novo. Quem não pode ir ao evento, pode festejar cá fora”, afirmou o presidente da Câmara.

Carlos Monteiro falou também da importância da sustentabilidade e da redução do plástico, com a utilização de copos reutilizáveis.
A Câmara Municipal vai financiar o evento com mais 50 mil euros que o ano passado e o Turismo Centro de Portugal outros 50 mil.

Marco Azevedo, afirma que se sente em casa na Figueira da Foz. Estima que sejam vendidos 125 mil bilhetes, mas o objetivo é chegar aos 200 mil.

O diretor do evento recorda que o festival já não é só de música electrónica. Desta vez, estende-se a mais géneros musicais, de forma a agradar públicos diferentes. A mudança tem-se refletido na venda de bilhetes, que aumentou.

A última palavra foi de Pedro Machado, que afirmou que a cidade da Figueira da Foz tem um “triângulo virtuoso”: a sua aptidão para captar e realizar eventos; a notoriedade e atractividade que atraem à cidade e o valor económico que acrescentam; e a sua sustentabilidade ambiental e de negócio.
O presidente da Turismo Centro de Portugal afirmou, ainda, que o festival pode contar com o apoio da instituição nos próximos anos.

Pub

Leia também

Portugal sem concelhos em risco extremo pela primeira vez em dois meses

Portugal deixou hoje de ter concelhos em risco extremo de infecção pelo vírus SARS-CoV-2, o que não ocorria desde o início de Julho, segundo...

Circuito Nacional de bodyboard na Praia do Cabedelo

O Circuito Nacional de Bodyboard Crédito Agrícola 2021 vai ter a sua primeira etapa na Praia do Cabedelo já neste fim-de-semana, contando com a...

Cinco novos casos nas últimas 24h – Figueira com 142 casos activos

O concelho da Figueira da Foz registou cinco casos de pessoas infectadas com covid-19 nas últimas 24h, permanecendo um total de 142 casos activos,...

Chuva afecta produção de milho no Baixo-Mondego

A chuva intensa que atingiu o Baixo Mondego, na segunda-feira ao final da tarde, afectou uma “vasta área de produção de milho”, disse à...

Praias na Figueira da Foz vistoriadas após avistamento de tubarões

Várias praias na linha de costa da Figueira da Foz foram hoje vistoriadas pela Autoridade Marítima, devido ao avistamento de três tubarões, no domingo,...