Início Espectáculo RFM Somnii na Figueira da Foz adiado para 2021 com o mesmo...

RFM Somnii na Figueira da Foz adiado para 2021 com o mesmo cartaz

O festival RFM Somnii, agendado para Julho e hoje formalmente adiado para 2021, devido à proibição de se realizarem festivais de música até 30 de Setembro, regressa no próximo ano com um cartaz idêntico, disse a produtora.

Do cartaz de três dias já anunciado para o evento, que deveria realizar-se entre 10 e 12 de Julho deste ano, na praia do Relógio, constam os nomes de Dimitri Vegas & Like Mike, Sean Paul, Alan Walker, Alok ou DVBBS, entre mais de uma dezena de artistas.

Em declarações à agência Lusa, Tiago Castelo Branco, director executivo da MOT, empresa do grupo Braver, promotora do Somnii, garantiu que os artistas contratados para a edição deste ano estarão na Figueira da Foz em 2021.

“Seremos o primeiro festival a anunciar o mesmo cartaz”, frisou Tiago Castelo Branco, remetendo mais informações para um comunicado da produtora divulgado hoje.

No texto, a organização do RFM Somnii, que nos últimos anos recebeu cerca de 100 mil pessoas em três dias, na praia do Relógio, garante a sua realização entre 09 e 11 de Julho de 2021: “Garantimos os mesmos artistas, que os bilhetes já adquiridos serão válidos para o próximo ano e que traremos boas novidades em breve”.

“O ‘lineup’ já anunciado está confirmado para 2021 e ainda teremos mais surpresas”, reafirma.

Sobre a decisão,”agora comunicada” pelo Governo de proibir a “realização de festivais e espectáculos de natureza análoga, o promotor define-a como “sensata, apesar de um pouco tardia, fruto das circunstâncias relativas à evolução da pandemia”.

“Com esta determinação, os promotores passaram a ter a legitimidade e a segurança jurídica necessária para tomarem decisões. Da nossa parte, cumpriremos escrupulosamente a legislação em vigor. A nossa decisão está tomada em consciência”, refere o comunicado da MOT.

Definindo o anúncio do adiamento como “aquele que nenhum promotor gostaria de fazer”, Tiago Castelo Branco frisa que “jamais” passou pela cabeça da organização do Somnni que chegaria o dia em que seriam “forçados” a adiá-lo, face à pandemia de covid-19.

Embora note que os sinais da evolução da doença em Portugal “são positivos”, o director executivo da produtora assinala que “não são suficientes” para “restabelecer a confiança necessária para a promoção de grandes eventos, que levam à concentração de milhares de pessoas”.

“A segurança e a saúde do nosso público, das nossas equipas e dos nossos artistas estão e estarão sempre em primeiro lugar”, acrescenta.

Tiago Castelo Branco anuncia ainda, desde já, um “evento inédito e de entrada gratuita” nas celebrações de Passagem de Ano na Figueira da Foz, entre 31 de Dezembro e 02 de Janeiro, com o “apoio total” da autarquia local.

O evento é definido como uma “edição especial” do RFM Somnii e será promovido, “caso as condições de segurança estejam garantidas”.

No comunicado, o presidente da autarquia da Figueira da Foz, Carlos Monteiro, enfatiza a “parceria sólida” entre a Câmara Municipal e os promotores (que remonta a 2014).

Define o Somnii como um “evento incontornável” para aquele município do litoral do distrito de Coimbra, e sustenta que se afirmou ao longo dos anos, como um dos maiores festivais de música electrónica a nível nacional e internacional.

O presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, por seu lado, frisa que o festival – que vai para a 8.ª edição consecutiva na Figueira da Foz – “é um dos maiores e mais importantes eventos que se realiza no Centro de Portugal, “e e incontornável pelo ambiente que cria”.

O director da RFM, António Mendes, adianta que toda a equipa “está a trabalhar arduamente” para que a edição de 2021 “seja a melhor de sempre” e que o crescimento do festival reforçou a ligação “muito importante” aos ouvintes e à Região Centro, contribuindo “imenso” para a afirmação da RFM “como rádio de âmbito nacional”.

Pub

Leia também

GNR vai estar atenta aos ajuntamentos e consumo de álcool na via pública

A GNR alertou hoje para o novo regime de contra-ordenações associado às situações de calamidade, contingência e alerta devido à covid-19, avançando...

Rotary Club da Figueira da Foz com novo Conselho Director

O Rotary Club da Figueira da Foz realiza amanhã, dia 2 de Julho, a cerimónia de Transmissão de Mandatos empossando o Conselho Director para...

Freixo de Santo António aproveitado para fazer esculturas em exposição no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos apresenta, no seu jardim principal, uma exposição de esculturas de vários santos construídos com a madeira...

Docapesca melhora segurança do porto de pesca da Figueira

A Docapesca lançou um concurso para a implantação de portaria e de vedação no Porto de Pesca da Figueira da Foz com...

Três incêndios nas Alhadas foram apagados

Cerca das 19h50 de ontem, domingo, deflagraram três incêndios, em simultâneo, na freguesia das Alhadas, em mato e floresta, consumindo 2.500 m2...