Início Local Procissões voltam a não sair este ano

Procissões voltam a não sair este ano

A antiga procissão de Sexta-feira Santa, em Buarcos, este ano também não se realizou. O som das sacudidas matracas que anunciavam o Enterro do Senhor não puderam cumprir esta tradição religiosa.

O esquife de Cristo morto, sob andores e ladeado por varas ciriais, traduz sempre, há séculos, a fé de Buarcos.

A não realização das habituais paragens de reflexão, 14 Estações e que reflectem a paixão e morte evocadas pela Igreja e também pelos irmãos da Misericórdia local, com as suas opas e capuzes pretos e ao som da Marcha Fúnebre de Chopin, interrompeu este velho costume católico mais um ano devido à pandemia de Covid-19.

O mesmo aconteceu com a procissão que há vários anos sai do Convento de Santo António, na Figueira.

As cerimónias pascais estão a ser marcadas através da Internet.

Pub

Leia também

Nova maternidade de Coimbra vai ser construída nos Hospitais da Universidade

A nova maternidade de Coimbra vai ser construída no polo dos Hospitais da Universidade, anunciou hoje o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de...

Ginásio com cinco victórias na regata internacional de Sevilha

A 4ª edição da “Internacional Rowing Masters Regatta”, organizada pela Federação Andaluza de Remo, levou a Sevilha (Pista de la Cartuja), no fim de...

Livro “A Pandemia e o Jogo” lançado no Casino Figueira

"O jogo online foi legislado em Portugal em 2015. Tal como havia sucedido aquando da regulamentação de 1927 com os casinos, também na sua base estiveram...

Let’s Build Happiness – projecto de solidariedade

Pelo quarto ano consecutivo, a Escola Profissional da Figueira da Foz e o INTEP irão implementar o projecto de solidariedade social “Let's Build Happiness”. As...

Mar e regresso do ensino superior nas prioridades de Santana Lopes

O independente Pedro Santana Lopes tomou hoje posse como presidente da Câmara da Figueira da Foz, eleito pelo movimento “Figueira a Primeira”, e assumiu...