Início Local Procissões voltam a não sair este ano

Procissões voltam a não sair este ano

A antiga procissão de Sexta-feira Santa, em Buarcos, este ano também não se realizou. O som das sacudidas matracas que anunciavam o Enterro do Senhor não puderam cumprir esta tradição religiosa.

O esquife de Cristo morto, sob andores e ladeado por varas ciriais, traduz sempre, há séculos, a fé de Buarcos.

A não realização das habituais paragens de reflexão, 14 Estações e que reflectem a paixão e morte evocadas pela Igreja e também pelos irmãos da Misericórdia local, com as suas opas e capuzes pretos e ao som da Marcha Fúnebre de Chopin, interrompeu este velho costume católico mais um ano devido à pandemia de Covid-19.

O mesmo aconteceu com a procissão que há vários anos sai do Convento de Santo António, na Figueira.

As cerimónias pascais estão a ser marcadas através da Internet.

Pub

Leia também

Aprígio Santos é julgado em Coimbra por abuso fiscal quando liderava a Naval

O antigo administrador da Naval, Aprígio Santos começa a ser julgado na terça-feira, no Tribunal de Coimbra, por um crime de abuso fiscal no...

Apresentação do livro “De manhã é que se começa o dia”

O Sweet Atlantic Spa vai receber uma apresentação do livro "De manhã é que se começa o dia", de Vítor Dinis, pelas 16 horas...

Museu Municipal recebe sessão de meditação

Amanhã, pelas 21h30, o Museu Municipal Santos Rocha vai receber uma nova iniciativa cultural intitulada "Há Noite no Museu... com meditação". A sessão, de...

Baile com “A Bela Adormecida” no CAE

Neste domingo, pelas 17 horas, o Centro de Artes e Espectáculos (CAE) vai receber o bailado "A Bela Adormecida", com a música de Tchaikovsky,...

Naval Remo e Dude Surf School celebram protocolo de parceria

A Associação Desportiva Naval Remo e a Dude Surf School celebraram um protocolo de parceria que visa o desenvolvimento desportivo e social da região,...