Início Local Pontos essenciais: As medidas e as excepções do novo estado de emergência...

Pontos essenciais: As medidas e as excepções do novo estado de emergência para o concelho

O decreto do Governo que regulamenta a aplicação do novo estado de emergência devido à pandemia de covid-19, em vigor a partir das 00:00 de quarta-feira, enumera as medidas já anunciadas, estabelecendo também as excepções às proibições impostas.

Na Figueira da Foz, um dos concelhos de risco muito elevado, continuará a vigorar o recolher obrigatório entre as 23:00 e as 05:00 nos dias úteis, bem como entre as 13:00 e as 05:00 no fim de semana de 28 e 29 de Novembro, no fim de semana de 05 e 06 de Dezembro, e nos feriados de 01 e 08 de Dezembro. Foram também estabelecidas as seguintes regras:

Proibição de circulação na via pública entre as 23:00 e as 05:00 nos dias úteis. São consideradas exceções deslocações em trabalho, deslocações por motivo de saúde, para assistência a idosos, entre outras.

Proibição de circulação na via pública aos sábados, domingos e feriados entre as 13:00 e as 05:00.

São consideradas excepções deslocações em trabalho, por motivos de saúde, assistência a idosos, entre outras.

São também permitidas as deslocações a “mercearias e supermercados e outros estabelecimentos de venda de produtos alimentares e de higiene, para pessoas e animais”.

Nos dias úteis os estabelecimentos comerciais têm de encerrar até às 22:00. Os restaurantes, equipamentos culturais e instalações desportivas devem encerrar até às 22:30 (estabelecimentos de restauração podem funcionar até à 01:00, mas apenas para entregas ao domicílio).

A partir de terça-feira, as máscaras passam a ser obrigatórias nos locais de trabalho sempre que não seja possível praticar o distanciamento físico (não é aplicável quando o trabalho seja prestado em gabinetes ou salas sem outros ocupantes ou quando sejam utilizadas barreiras físicas impermeáveis de separação).

Aos fins de semana e feriados os estabelecimentos comerciais apenas podem funcionar entre as 08:00 e as 13:00. Nos dias 30 de Novembro e 07 de Dezembro, os estabelecimentos podem funcionar entre as 08:00 e as 15:00.

São consideradas excepções os estabelecimentos de venda a retalho de produtos alimentares, bem como naturais ou dietéticos, de saúde e higiene, que disponham de uma área de venda ou prestação de serviços igual ou inferior a 200 metros quadrados com entrada autónoma e independente a partir da via pública.

Os restaurantes podem permanecer em funcionamento após o horário estabelecido para o encerramento “desde que exclusivamente para efeitos de entregas ao domicílio ou para a disponibilização dos bens à porta do estabelecimento ou ao postigo (‘take-away’), não sendo, neste caso, permitido o acesso ao interior do estabelecimento pelo público.

Os postos de abastecimento de combustíveis podem também funcionar “exclusivamente para efeitos de venda ao público de combustíveis e abastecimento de veículos”.

Os estabelecimentos cujo horário de abertura habitual seja anterior às 08:00 podem continuar a praticar esse horário, enquanto os estabelecimentos autorizados a funcionar durante 24 horas por dia podem reabrir a partir das 08:00.

Pub

Leia também

Festa do Arroz em Maiorca

A Confraria do Arroz Doce de Maiorca vai realizar depois de amanhã, domingo, a Festa do Arroz, que irá decorrer em Maiorca. Esta iniciativa tem...

O Figueirense já nas bancas!

A edição mensal de Maio d'O Figueirense já se encontra nas bancas! Eis a primeira página:

19º aniversário do Núcleo Museológico do Sal encerra «Maio é Museu!»

A programação cultural promovida pelo Museu Municipal Santos Rocha (MMSR), no âmbito da iniciativa da 10.ª edição de “Maio é Museu!”, vai culminar nas...

Arquitecto figueirense ganha prémio nacional

O arquitecto paisagista figueirense Fernando dos Santos Pessoa ganhou o Prémio “Ambiente e Paisagem Gonçalo Ribeiro Telles”, segundo apurou O Figueirense. Outro dos premiados foi...

O Figueirense na Antena 1

O Figueirense esteve novamente na Antena 1, no programa de emissão internacional "Portugal em Directo", onde a jornalista Cláudia Aguiar Rodrigues conversou com o...