Início Ambiente Poda de árvores na cidade leva a trânsito cortado a partir de...

Poda de árvores na cidade leva a trânsito cortado a partir de amanhã

O Município da Figueira da Foz divulgou que a partir de amanhã terá início a prestação de serviços de poda de árvores na Figueira da Foz, adjudicada à empresa Árvores & Pessoas – Gestão da Árvore no espaço Urbano, Lda, que contempla a intervenção em 515 árvores.

Devido aos trabalhos, que serão efectuados ao longo dos próximos cinco dias, poderão ocorrer constrangimentos ocasionais no trânsito de algumas ruas, nomeadamente durante o dia de amanhã na Rua da Fonte, Rua dos Descobrimentos, Rua Alto da Fonte, Travessa de S.ta Cruz, Rua do Batoréu (Largo da Torre Eiffel) e na Rua General Carlos Ribeiro (urbanização Foz Village).

Ainda segundo o comunicado, nos dias 23 e 24 os trabalhos vão prosseguir na Rua da Liberdade. No dia 25 será a vez da Rua Joaquim Sotto Mayor e no dia 26 concluir-se-ão os serviços dessa rua, passando ainda pela Travessa da Rua do Viso (junto ao Coliseu).

 

Pub

Leia também

Dois novos casos nas últimas 24h – concelho tem 186 casos activos

O concelho da Figueira da Foz registou hoje dois novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Areias são prioridade

O protocolo com a Agência Portuguesa do Ambiente, Câmara Municipal e Administração do Porto da Figueira permite que, com um investimento de 700 mil...

Tecnológicas adaptam-se e criam soluções para combater a pandemia

A empresa figueirense Streak, especializada em soluções de automação industrial e controlo, já estava a desenvolver em 2019, antes da pandemia, um equipamento com...

Figueira com 193 casos activos – quatro novos casos nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou hoje quatro novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Lagoas da Vela e Braças na rota da Eurovelo

Perseguindo a actual opção do turismo de natureza, ao ar livre, não só devido ao momento pandémico actual mas porque o futuro traça caminhos...