Início Desporto Liga portuguesa de surf vai ser a primeira prova do mundo a...

Liga portuguesa de surf vai ser a primeira prova do mundo a ser retomada e começa na Figueira da Foz

A Liga portuguesa de surf começa a 19 de Junho, após um adiamento de quase três meses devido à pandemia, sendo a primeira prova da modalidade no mundo a ser retomada, anunciou hoje a Associação Nacional de Surfistas (ANS).

“A praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, irá receber os melhores surfistas nacionais para o Allianz Figueira Pro, naquela que será a primeira prova de surf a ser retomada em todo o mundo depois do surgimento da pandemia da covid-19”, destacou em comunicado a entidade, que divulgou o novo calendário do circuito português.

A Liga Meo Surf mantém as cinco etapas, estando duas já com as datas confirmadas, na Figueira da Foz (19 a 21 de Junho) e na Ericeira (03 a 05 de Julho), na Praia de Ribeira D’Ilhas, e encontrando-se ainda em programação mais uma etapa no período de arranque do verão.

“Depois da realização das três primeiras etapas, a Liga Meo Surf vai ter uma pausa, regressando após o verão para a realização das duas últimas etapas, que serão determinantes para as contas do título nacional, o Renault Porto Pro e o Bom Petisco Cascais Pro, que aguardam informações do calendário internacional para a definição final da data”, adiantou a ANS.

Segundo a entidade, o mais recente diploma sobre o estado de calamidade em Portugal “deu permissão ao regresso de provas individuais e ao ar livre, onde se inclui a Liga Meo Surf”, pelo que a ANS “uniu esforços com todos os parceiros da Liga Meo Surf para consumar o regresso das provas ao mar dentro de 10 dias, seguindo todas as recomendações da Direcção-Geral da Saúde”.

Francisco Rodrigues, presidente da ANS, realçou o esforço feito para a “obtenção do licenciamento e das necessárias medidas de segurança” para o surf profissional voltar ao mar”, sublinhando que a primeira prova do ano vai ser um “evento 100% focado no espectáculo de surf na água, sem público”, e que pode ser acompanhado através de transmissão televisiva integral na Sport TV, bem como nas restantes plataformas da Liga Meo Surf e da Meo.

E acrescentou: “Temos os melhores surfistas portugueses a precisar de retomar a sua actividade profissional, regressar ao ritmo competitivo e voltar a dar retorno aos seus patrocinadores. Permitam-me agradecer o empenho da Federação Portuguesa de Surf, do Município da Figueira da Foz e da Capitania também da Figueira da Foz. Todos eles disseram ‘presente’ para viabilizar a prova num tão curto espaço de tempo e em benefício do Surf em Portugal”.

Em Fevereiro, antes de ter sido decretada a pandemia da covid-19, a organização tinha anunciado que o circuito português ia começar na Ericeira, a 27 de Março, seguindo-se o Porto (24 e 26 de Abril), a Figueira da Foz (29 a 31 de Maio), o Algarve (12 a 14 de Junho) e Cascais (01 a 03 de Outubro).

Pub

Leia também

Nova maternidade de Coimbra vai ser construída nos Hospitais da Universidade

A nova maternidade de Coimbra vai ser construída no polo dos Hospitais da Universidade, anunciou hoje o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de...

Ginásio com cinco victórias na regata internacional de Sevilha

A 4ª edição da “Internacional Rowing Masters Regatta”, organizada pela Federação Andaluza de Remo, levou a Sevilha (Pista de la Cartuja), no fim de...

Livro “A Pandemia e o Jogo” lançado no Casino Figueira

"O jogo online foi legislado em Portugal em 2015. Tal como havia sucedido aquando da regulamentação de 1927 com os casinos, também na sua base estiveram...

Let’s Build Happiness – projecto de solidariedade

Pelo quarto ano consecutivo, a Escola Profissional da Figueira da Foz e o INTEP irão implementar o projecto de solidariedade social “Let's Build Happiness”. As...

Mar e regresso do ensino superior nas prioridades de Santana Lopes

O independente Pedro Santana Lopes tomou hoje posse como presidente da Câmara da Figueira da Foz, eleito pelo movimento “Figueira a Primeira”, e assumiu...