Início Cultura Figueira da Foz vai promover o arroz carolino produzido no concelho

Figueira da Foz vai promover o arroz carolino produzido no concelho

A Câmara Municipal da Figueira da Foz quer divulgar e valorizar o arroz carolino produzido no concelho e admite a possibilidade de criação de um núcleo museológico.

O município vai iniciar a campanha de divulgação do arroz do Baixo Mondego e da Figueira da Foz, que visa a valorização deste produto, de modo a promover as suas características ligadas ao território local e ao modo de produção.

O objectivo desta campanha passa por, nomeadamente, “tornar conhecido para todas as pessoas que, no concelho da Figueira da Foz, há a maior parte da área de produção do arroz do Baixo Mondego e na generalidade dos anos, a maior parte da produção”, disse hoje, numa conferência de imprensa, no Palácio Conselheiro Branco, em Maiorca, o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes.

De acordo com o autarca, o arroz carolino, o arroz do Baixo Mondego é por vezes ligado a outros concelhos, e com esta campanha a ideia é mostrar que a Figueira da Foz faz “parte” e é uma “parte muito importante nesta realidade económica”.

Pedro Santana Lopes admitiu, na sessão, a possibilidade de criar um núcleo museológico, que poderá ficar localizado no Palácio Conselheiro Branco.

Outra das apostas poderá passar pela criação de um centro de investigação, divulgação e valorização ligado ao arroz, numa das freguesias produtoras.

Neste momento, ainda não há decisão sobre onde serão localizados os espaços, no entanto, a decisão será articulada entre o município e as juntas de freguesia.

“O desenvolvimento económico da Figueira tem de assentar no turismo, serviços, na indústria, no sector primário também. Naturalmente nesta área do arroz, é uma área-chave desse sector primário e por isso, o que queremos é puxar esta realidade económica também para a identidade do concelho da Figueira”, reafirmou.

Nesse sentido, a Câmara Municipal vai divulgar o arroz carolino pelos meios tradicionais, quer televisão e rádio, bem como através sensibilização ao nível da restauração para o uso deste produto.

A área geográfica de produção do arroz carolino do Baixo Mondego será circunscrita em várias localidades, no entanto, no que respeita à Figueira da Foz, a produção faz-se nas localidades de Alqueidão, Lavos, Paião, Borda do Campo, Maiorca, Ferreira-a-Nova, Santana e Vila Verde.

Pub

Leia também

Três detidos em operação da PSP em cinco concelhos de Coimbra e Lisboa

Três homens foram detidos, na terça-feira, por vários crimes praticados nos concelhos de Cantanhede, Coimbra, Figueira da Foz e Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra,...

Energia eólica no mar da Figueira da Foz pode criar mais de sete mil empregos

A concretização do projecto de energias eólicas no mar ao largo da Figueira da Foz por um fundo de investimento dinamarquês pode criar entre...

GNR detém homem detido por furto em armazém industrial

O Comando Territorial de Coimbra da GNR, através do Posto Territorial da Praia de Quiaios, deteve, no domingo, em flagrante, um homem de 25...

Plano Nacional de Cinema no AEZUFF

O Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz (AEZUFF) e o Centro de Artes e Espectáculos dinamizaram a iniciativa “Escola vai...

Bombeiros Voluntários homenagearam o seu presidente

O corpo dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz decidiu homenagear o seu presidente, Lídio Lopes, assinalando o marco dos 25 anos da sua...