Início Local Brenha quer voltar a ser freguesia

Brenha quer voltar a ser freguesia

Um grupo de habitantes reiterou na reunião da Assembleia Municipal da Figueira da Foz a intenção de reverter a extinção da freguesia de Brenha, ocorrida em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa do Estado.

“Brenha tem todas as condições para voltar a ser freguesia e a população quer de novo ter a sua independência autárquica”, disse hoje Luís Pedro Silva, coordenador de uma comissão encarregada do processo para que Brenha volte a ser freguesia.

Numa intervenção no período destinado ao público, o activista comunicou que as assembleias de Freguesia de Quiaios e Alhadas, que absorveram o território da antiga freguesia, “deliberaram, por unanimidade, a reversão”.

À data da extinção, a freguesia tinha uma área de 5,95 quilómetros quadrados e contava com mais de um milhar de habitantes e dispunha de posto de saúde, que foi encerrado.

“Se repararmos na qualidade de vida dos cidadãos de Brenha antes da extinção da freguesia, obviamente que antes havia mais”, enfatizou Luís Pedro Silva aos jornalistas.

A comissão “Brenha a Freguesia” interveio na Assembleia Municipal para questionar o presidente da Câmara sobre um pedido de apoio logístico e jurídico que não obteve resposta para desenvolver o processo, com base na Lei 39/2021, que permite a reactivação de antigas freguesias.

Para o presidente da Câmara, nesta fase, o município não tem de ser envolvido no processo, mas sim a Assembleia Municipal e depois a Assembleia da República.

“A Câmara tem depois de apoiar a criação da freguesia e a comissão instaladora depois da decisão da Assembleia da República”, vincou Santana Lopes, referindo que, “até lá, a autarquia não se deve envolver no processo”.

Os procedimentos legais para a reactivação da freguesia de Brenha têm de estar concluídos até final de Dezembro, de acordo com os prazos legais definidos na Lei.

Pub

Leia também

Suspeito de furto com mandado de detenção europeu em prisão preventiva

Um homem de nacionalidade estrangeira, suspeito do furto de equipamentos electrónicos num estabelecimento comercial da Figueira da Foz, ficou em prisão preventiva dado sobre...

Clube reproduz capa de “A Valsa dos Detectives” dos GNR para ajudar Unicef

O clube de coleccionismo de arte ‘online’ Rastro, sediado na Figueira da Foz, reproduziu em 100 serigrafias a capa do vinil “A Valsa dos...

Santana Lopes assume que não vai adquirir Cabo Mondego devido a suspeições

O presidente da Câmara da Figueira da Foz assumiu hoje que não vai adquirir o Cabo Mondego, cujo negócio estava acertado por 2,1 milhões...

Banda Os Quatro e Meia actua no fim de ano da Figueira da Foz

A festa de Fim de Ano na Figueira da Foz vai contar com o habitual espectáculo de fogo de artifício e a actuação da...

Ginásio conquista prata e bronze na regata “Aerobic Monsters”

O Clube Naval Infante D. Henrique organizou no sábado, dia 3, a Regata Internacional “Aerobic Monsters”, exclusiva para embarcações skiff, na qual participaram quatro...