Início Local 256 doses de estupefaciente apreendidas

256 doses de estupefaciente apreendidas

A Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial da Figueira da Foz deteve duas pessoas, um homem de 41 anos e uma mulher de 37, pelo crime de tráfico de estupefacientes.

 A detenção aconteceu na zona da Gala e foi o culminar de um processo de investigação que recaía sobre os dois, por suspeitas de que praticavam este crime. No âmbito de uma acção de vigilância integrada nesse processo, os dois foram vistos a comercializar estupefacientes e, por isso, foram abordados.

Na revista de segurança foi possível encontrar 151 doses de Heroína e 105 de Cocaína, bem como uma elevada quantia monetária em notas que tudo indica estar relacionada com este crime.

Segundo a PSP, “pelas fundadas suspeitas houve lugar a uma busca domiciliária, durante a qual foi encontrado material utilizado para acondicionar o estupefaciente”.

O produto e o valor monetário foram apreendidos, bem como material utilizado para acondicionar estupefacientes e ainda um smartphone.

Pub

Leia também

Empresa Ernesto Morgado completa 100 anos

Com um século de vida, esta empresa figueirense é a mais antiga do ramo em Portugal. “Desde 1920, produzimos arroz com a...

Covid-19: Hospitais de Coimbra criam sistema que faz chegar mensagens de apoio a doentes internados

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lançou a iniciativa "Mensagem H2 - MSH2", que consiste em fazer chegar a cada...

PSP intercepta duas pessoas na Figueira da Foz suspeitas de burla no Luxemburgo

A PSP localizou e interceptou um homem e uma mulher, na Figueira da Foz, suspeitos de serem autores de várias burlas e...

Covid-19: Ministra da Saúde diz que DGS teve parecer positivo para uso generalizado de máscaras

A ministra da Saúde anunciou ontem, em entrevista à RTP1, que a Direcção-geral da Saúde pediu um parecer sobre o uso generalizado...

Covid-19: DGS alerta para uso indevido de luvas porque pode potenciar contágio

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) considerou hoje que o uso de luvas na rua pode ser “contraproducente e dar uma falsa sensação...