Início Ambiente Região Centro integra projecto europeu para combater alterações climáticas

Região Centro integra projecto europeu para combater alterações climáticas

A Região Centro é uma das regiões que integra o projecto europeu RESIST, que conta com a participação de 56 entidades, de 15 países, e de um investimento total de 26 milhões de euros para combater as alterações climáticas.

O projecto europeu “Regions for climate change resilience through Innovation, Science and Technology” – RESIST, financia projectos demonstradores no âmbito da missão de adaptação às alterações climáticas do programa Horizonte Europa da Comissão Europeia, informou, em comunicado a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), após o lançamento do evento que decorreu em Coimbra.

A Região Centro é uma das regiões participantes no projecto europeu, que conta com um investimento total de 26 milhões de euros, sendo que mais de 5,6 milhões de euros destinam-se a Portugal. A ideia é “acelerar a transformação e aumentar a capacidade de adaptação” de 12 regiões europeias vulneráveis às alterações climáticas.

A iniciativa prevê o desenvolvimento de projectos demonstradores de inovação em quatro regiões e a transferência de conhecimento e soluções inovadoras para outras oito regiões.

Um dos demonstradores deste projecto será desenvolvido na Região Centro, nos territórios da Região de Coimbra e do Médio Tejo, e conta com um orçamento de quase 2,5 milhões de euros.

De acordo com a nota, o projecto foca-se no desenvolvimento de soluções para a promoção de uma gestão e valorização mais eficaz da floresta, de modo a reduzir os efeitos das alterações climáticas no território, mais concretamente no que diz respeito à ocorrência de grandes incêndios rurais.

Nesse sentido, serão implementadas “novas práticas de uso e ocupação do solo, resiliência genética e serão testadas soluções de biocircularidade dos biorresíduos verdes, através de novas formas de valorização da biomassa florestal”.

O objectivo final será a definição de novos modelos de negócio e formas de governação das Áreas Integradas de Gestão de Paisagem (AIGP) e dos Condomínios de Aldeia.

Pub

Leia também

Três detidos em operação da PSP em cinco concelhos de Coimbra e Lisboa

Três homens foram detidos, na terça-feira, por vários crimes praticados nos concelhos de Cantanhede, Coimbra, Figueira da Foz e Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra,...

Energia eólica no mar da Figueira da Foz pode criar mais de sete mil empregos

A concretização do projecto de energias eólicas no mar ao largo da Figueira da Foz por um fundo de investimento dinamarquês pode criar entre...

GNR detém homem detido por furto em armazém industrial

O Comando Territorial de Coimbra da GNR, através do Posto Territorial da Praia de Quiaios, deteve, no domingo, em flagrante, um homem de 25...

Plano Nacional de Cinema no AEZUFF

O Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz (AEZUFF) e o Centro de Artes e Espectáculos dinamizaram a iniciativa “Escola vai...

Bombeiros Voluntários homenagearam o seu presidente

O corpo dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz decidiu homenagear o seu presidente, Lídio Lopes, assinalando o marco dos 25 anos da sua...