Início Ambiente Incêndios: PJ detém ex-bombeiro suspeito de atear fogo em Condeixa-a-Nova

Incêndios: PJ detém ex-bombeiro suspeito de atear fogo em Condeixa-a-Nova

Um antigo bombeiro de 28 anos, atualmente desempregado, foi detido pela Polícia Judiciária de Coimbra pela suspeita de ter ateado um incêndio florestal no concelho de Condeixa-a-Nova, na sexta-feira, foi hoje anunciado.

O Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Coimbra colaborou na investigação que conduziu à detenção do homem, acusado de ter usado “chama direta” para iniciar um incêndio numa zona florestal de eucaliptos e mato, junto a uma central fotovoltaica e próximo de habitações.

O incêndio consumiu uma área de 1.500 m2 e teria tido consequências mais graves “caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros”, relatam as autoridades.

“A atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, bem como habitações, a grande mancha florestal e a central fotovoltaica”, refere a PJ de Coimbra.

O detido foi presente hoje a um primeiro interrogatório judicial, tendo sido sujeito à medida de coação de prisão preventiva

Pub

Leia também

Mostra de artesanato urbano de verão com inscrições abertas

Durante os meses de Junho, Julho e Agosto, a mostra de Artesanato Urbano de Verão 2021 vai decorrer no Bairro Novo e no Parque...

Conquista do 19.º campeonato do Sporting foi celebrada na Figueira

A época do Sporting “só podia acabar com muito sofrimento e um golo do Paulinho”, disse ontem à noite o treinador do clube, Ruben...

12 novos casos nas últimas 24h

O concelho da Figueira da Foz registou hoje 12 novos casos de pessoas infectadas com covid-19, totalizando o número de casos registados desde Março...

Figueira da Foz recebe cerimónia nacional de entrega do Selo Protector Biénio

Amanhã, pelas 14h15, o Centro de Artes e Espectáculos vai acolher a Cerimónia Nacional de entrega do Selo Protector para o Biénio de 2020-21....

Preparavam-se para roubar

Ontem pelas 3h30 a PSP da Figueira da Foz deteve um homem e uma mulher de 42 e 35 anos, respectivamente, "por terem sido...