Início Ambiente Incêndios: PJ detém ex-bombeiro suspeito de atear fogo em Condeixa-a-Nova

Incêndios: PJ detém ex-bombeiro suspeito de atear fogo em Condeixa-a-Nova

Um antigo bombeiro de 28 anos, atualmente desempregado, foi detido pela Polícia Judiciária de Coimbra pela suspeita de ter ateado um incêndio florestal no concelho de Condeixa-a-Nova, na sexta-feira, foi hoje anunciado.

O Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Coimbra colaborou na investigação que conduziu à detenção do homem, acusado de ter usado “chama direta” para iniciar um incêndio numa zona florestal de eucaliptos e mato, junto a uma central fotovoltaica e próximo de habitações.

O incêndio consumiu uma área de 1.500 m2 e teria tido consequências mais graves “caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros”, relatam as autoridades.

“A atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, bem como habitações, a grande mancha florestal e a central fotovoltaica”, refere a PJ de Coimbra.

O detido foi presente hoje a um primeiro interrogatório judicial, tendo sido sujeito à medida de coação de prisão preventiva

Leia também

Figueira da Foz destruiu 130 ninhos de vespa asiática desde o início do ano

O concelho da Figueira da Foz eliminou desde janeiro 130 ninhos de vespas velutinas, na maioria localizados nas maiores freguesias urbanas, Buarcos...

Incêndios: Acusada de queimada que terá contribuído para fogo no Pinhal de Leiria começa hoje a ser julgada

Uma mulher de 69 anos começa hoje a ser julgada no Tribunal de Alcobaça, acusada de ter sido autora de uma queimada...

António Costa propõe Ana Abrunhosa para ministra da Coesão Territorial

O primeiro-ministro indigitado propôs hoje ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a nomeação de Ana Abrunhosa para o cargo de...

Academia Europa debate projeto europeu com 60 universitários na Figueira da Foz

A segunda edição da Academia Europa, a primeira na Figueira da Foz, quer discutir o futuro do projeto europeu mas também as...

Figueira da Foz recusa reabrir acesso no Cabo Mondego por questões de segurança

O presidente da Câmara da Figueira da Foz manifestou-se irredutível sobre a reabertura de um caminho de acesso no Cabo Mondego, junto...