Início Ambiente Coimbra investe 2,8 milhões de euros em nove mini-autocarros eléctricos

Coimbra investe 2,8 milhões de euros em nove mini-autocarros eléctricos

A Câmara de Coimbra vai investir cerca de 2,8 milhões de euros na aquisição de nove mini-autocarros 100% eléctricos para os Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), anunciou hoje a autarquia.

A adjudicação dos novos veículos e respectivos carregadores de baterias, que surge na sequência do respectivo concurso público, vai ser debatida e votada na próxima reunião do executivo municipal, agendada para quinta-feira.

Com este investimento, a Câmara quer “continuar a renovar a frota” dos SMTUC com “veículos com melhor desempenho ambiental” e reduzir “o impacto negativo das emissões de gases com efeito de estufa e de outros poluentes atmosféricos”.

No âmbito dessa estratégia, “os dez novos autocarros 100% eléctricos”, que foram apresentados em Junho de 2019, permitiram que, “em seis meses de utilização”, tivesse sido evitada “a libertação de cerca de 250 toneladas de gases carbónicos (CO2) para a atmosfera, depois de cerca de 200 mil quilómetros de estrada, tendo gerado uma economia de cerca de 65 toneladas equivalentes de petróleo”, sublinha a Câmara.

Em Novembro de 2019, a Câmara abriu o concurso público, para além da aquisição dos nove mini-autocarros, de cinco autocarros ‘standard’, de 12 metros de comprimento, igualmente 100% eléctricos, e respectivos carregadores, mas nenhum concorrente “cumpriu os requisitos” para o seu fornecimento.

O fornecimento dos cinco autocarros ‘standard’ implica, assim, o lançamento de novo concurso, com um valor base de cerca de 2.370 mil euros (a que acresce IVA à taxa legal em vigor) e um prazo de entrega não superior a dez meses, assunto que também vai merecer a atenção do executivo camarário na reunião de quinta-feira.

A aquisição destas viaturas é comparticipada por fundos comunitários, através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) para “Promoção da eficiência energética nos transportes colectivos de passageiros incumbidos de missões de serviço público”.

De acordo com o presidente da Câmara, o socialista Manuel Machado, os novos mini-autocarros vão permitir também a reactivação do serviço Ecovia.

Este serviço, criado em 1997 e suspenso cerca de uma década depois, visa “tirar carros da cidade e tornar a vida” de quem nela vive a visita “melhor, mais saudável, mais económica e com maior capacidade de circular a pé ou nos transportes”.

Nos últimos seis anos, a Câmara de Coimbra adquiriu para a frota dos SMTUC 52 viaturas – 36 autocarros, dez dos quais eléctricos, 14 mini-autocarros (dois eléctricos e dois híbridos) e duas carrinhas de transporte especial, num investimento de cerca de nove milhões de euros, para além dos nove mini-autocarros eléctricos a adjudicar.

Pub

Leia também

Covid-19: Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro produz viseiras para oferecer aos hospitais

O Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro (CTCV), sediado em Coimbra, anunciou hoje que vai produzir viseiras de protecção facial para...

Covid-19: Montemor-o-Velho prepara dois equipamentos com mais de 100 camas

A Câmara de Montemor-o-Velho está a equipar o centro educativo e o pavilhão municipal com mais de 100 camas no âmbito do...

Covid-19: Região de Coimbra já comprou 40 mil máscaras e meio milhão de luvas

A Comunidade Inter-municipal (CIM) da Região de Coimbra está a realizar encomendas conjuntas para os 19 municípios, tendo já comprado 40 mil...

Covid-19: 300 casos identificados na Região de Coimbra – sete na Figueira da Foz

A Região de Coimbra tem 300 casos identificados, segundo o balanço feito hoje pela Direcção-Geral de Saúde, dos quais sete casos são...

Covid-19 – Sindicato quer testes a trabalhadores de alimentação nos hospitais do Centro

O Sindicato da Indústria Hoteleira do Centro quer que os trabalhadores dos serviços de distribuição de alimentação em hospitais da região, concessionados...