Início Ambiente Coimbra investe 2,8 milhões de euros em nove mini-autocarros eléctricos

Coimbra investe 2,8 milhões de euros em nove mini-autocarros eléctricos

A Câmara de Coimbra vai investir cerca de 2,8 milhões de euros na aquisição de nove mini-autocarros 100% eléctricos para os Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), anunciou hoje a autarquia.

A adjudicação dos novos veículos e respectivos carregadores de baterias, que surge na sequência do respectivo concurso público, vai ser debatida e votada na próxima reunião do executivo municipal, agendada para quinta-feira.

Com este investimento, a Câmara quer “continuar a renovar a frota” dos SMTUC com “veículos com melhor desempenho ambiental” e reduzir “o impacto negativo das emissões de gases com efeito de estufa e de outros poluentes atmosféricos”.

No âmbito dessa estratégia, “os dez novos autocarros 100% eléctricos”, que foram apresentados em Junho de 2019, permitiram que, “em seis meses de utilização”, tivesse sido evitada “a libertação de cerca de 250 toneladas de gases carbónicos (CO2) para a atmosfera, depois de cerca de 200 mil quilómetros de estrada, tendo gerado uma economia de cerca de 65 toneladas equivalentes de petróleo”, sublinha a Câmara.

Em Novembro de 2019, a Câmara abriu o concurso público, para além da aquisição dos nove mini-autocarros, de cinco autocarros ‘standard’, de 12 metros de comprimento, igualmente 100% eléctricos, e respectivos carregadores, mas nenhum concorrente “cumpriu os requisitos” para o seu fornecimento.

O fornecimento dos cinco autocarros ‘standard’ implica, assim, o lançamento de novo concurso, com um valor base de cerca de 2.370 mil euros (a que acresce IVA à taxa legal em vigor) e um prazo de entrega não superior a dez meses, assunto que também vai merecer a atenção do executivo camarário na reunião de quinta-feira.

A aquisição destas viaturas é comparticipada por fundos comunitários, através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) para “Promoção da eficiência energética nos transportes colectivos de passageiros incumbidos de missões de serviço público”.

De acordo com o presidente da Câmara, o socialista Manuel Machado, os novos mini-autocarros vão permitir também a reactivação do serviço Ecovia.

Este serviço, criado em 1997 e suspenso cerca de uma década depois, visa “tirar carros da cidade e tornar a vida” de quem nela vive a visita “melhor, mais saudável, mais económica e com maior capacidade de circular a pé ou nos transportes”.

Nos últimos seis anos, a Câmara de Coimbra adquiriu para a frota dos SMTUC 52 viaturas – 36 autocarros, dez dos quais eléctricos, 14 mini-autocarros (dois eléctricos e dois híbridos) e duas carrinhas de transporte especial, num investimento de cerca de nove milhões de euros, para além dos nove mini-autocarros eléctricos a adjudicar.

Pub

Leia também

Nova maternidade de Coimbra vai ser construída nos Hospitais da Universidade

A nova maternidade de Coimbra vai ser construída no polo dos Hospitais da Universidade, anunciou hoje o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de...

Ginásio com cinco victórias na regata internacional de Sevilha

A 4ª edição da “Internacional Rowing Masters Regatta”, organizada pela Federação Andaluza de Remo, levou a Sevilha (Pista de la Cartuja), no fim de...

Livro “A Pandemia e o Jogo” lançado no Casino Figueira

"O jogo online foi legislado em Portugal em 2015. Tal como havia sucedido aquando da regulamentação de 1927 com os casinos, também na sua base estiveram...

Let’s Build Happiness – projecto de solidariedade

Pelo quarto ano consecutivo, a Escola Profissional da Figueira da Foz e o INTEP irão implementar o projecto de solidariedade social “Let's Build Happiness”. As...

Mar e regresso do ensino superior nas prioridades de Santana Lopes

O independente Pedro Santana Lopes tomou hoje posse como presidente da Câmara da Figueira da Foz, eleito pelo movimento “Figueira a Primeira”, e assumiu...